Busca:






Paulo Silva


A baixa auto-estima dos camaçarienses



Caro leitor. Quando se trata de festas juninas, vem logo na nossa mente ruas enfeitadas, quadrilhas, fogueiras, milho cozido e assado, amendoim, licor e inúmeras comidas típica desse período.  E, em varias cidades do interior baiano, ainda mantém viva essa tradição, a exemplo de Itaquara, Jaguaquara, cidades localizadas no sudoeste do estado da Bahia.


Mas, ultimamente fatores políticos tem enfraquecido essas tradições por todo nordeste. A baixa auto-estima das pessoas é provocada por administrações desastrosas, e tem contribuído em muito para o desânimo coletivo das pessoas nas grandes e pequenas cidades, principalmente do nordeste brasileiro, onde essa tradição já foi muito forte.


Segundo os cientistas da área de saúde, a baixo-estima é uma doença psicossomática e tem fundo emocional. Mas eu arriscaria dizer que nessa questão específica, a baixa auto-estima é uma reação de repúdio aos gestores que não cumpre com as obrigações que lhes fora atribuídas pelos seus eleitores; vejamos o caso de Camaçari.


O prefeito Antonio Elinaldo foi eleito propondo fazer um governo diferente dos seus antecessores, mas na prática segunda avaliação da população, ele vem fazendo igual ou pior , pois usa das mesmas artimanhas políticas, requalificando ruas e avenidas e praças centralizadas, onde tem maior visibilidades política para visitantes e munícipes, e deixa ruas e avenidas dos bairros periféricos totalmente abandonados.


A malha asfáltica nesses bairros , é comparável a uma pista de  bicicross e motocross, uma buraqueira sem fim, e muitas lombadas tem prejudicando em muito os veículos pequenos, como carro e motos de baixa cilindradas, causando grandesprejuízos no bolso dos usuários. Por outro lado, a prefeitura na pessoa do prefeito Elinaldo, tentou remediar as coisas, contratando grandes cantores e bandas famosas para participarem do Camaforró, atraindo assim milhares de camaçarienses e visitantes de outras cidades ao espaço Camaçari 2000. Enfeitou praças e ruas do centro da cidade, e até a praça Abrantes recebeu um tratamento especial, durante os festejos juninos em Camaçari.


Mas, nem assim ele conseguiu levantar a auto-estima dos moradores da maioria dos bairros da sede e da orla do município, o que podemos ver foram ruas e avenidas desses bairros praticamente sem nenhum enfeite junino, deixando bem claro que o desânimo é coletivo por parte da população, com a gestão do prefeito Antonio Elinado, e isso poderá refletir duramente nas urnas em 2020.


Paulo Silva polasilva@bol.com.br é professor, escritor, músico, cantor e diretor de teatro


Opiniões e conceitos expressos nos artigos são de responsabilidade do autor


 
Últimas Publicações

Castelo dos sonhos
Carnaverdade
Jogando o barro na parede
Grandes e Pequenos
A importância das escolinhas de esportes e artes, na vida das pessoas
Últimas cartadas
A indústria do tapa-buracos e as derrapagens da gestão Elinaldo
A baixa auto-estima dos camaçarienses


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL