Busca:





Cerâmica

Mais de 70 peças em cerâmica, nas técnicas de torno e rolo, estão em exposição no foyer do Teatro Cidade do Saber. Mostra coordenada por Cris Kalundewá, que também expõe seus trabalhos, é resultado do curso ministrado pela artista no núcleo produtivo de artesato da Redecam. Exposição conta com o apoio da União das Organizações Sociais e Culturais de Camaçari (Uosc), do artista plástico Deo Sena, e do fotógrafo Lucas Ronan Lino.




Debate

Educação libertária em tempos de protofacismo é o tema do projeto "Roda de Conversa" que acontece nesta terça-feira (8), a partir das  19h no  Multi Espaço, em Camaçari. Participam do papo a professora Aristela Evangelista, o educador Sócrates Magno Torres, e a pedagoga Valdelaine de Jesus. Encontro no Multi Espaço, localizado na rua Belmonte, no Phoc-2, é aberto ao público e não exige inscrição.  




Profissional

Camaçari conta agora com um espaço diferenciado para eventos. Dotado de toda infraestrutura de atendimento e uma equipe de profissionais nas áreas de organização e produção, o Diplomata Cerimonial está preparado para garantir o sucesso de festas ou qualquer tipo de encontro corporativo. Localizado na Rua do Canal, bairro Gleba A, espaço tem capacidade para atender até 70 pessoas com todo o conforto e segurança. O Diplomata cerimonial também realiza seu evento, desde o planejamento até execução.




Beleza do barro

A artista plástica Cris Lima Kalundewá expõe trabalhos em cerâmica até o final do mês no shopping Camaçari Boulevard. Mostra com 79 peças, nas técnicas de torno e rolo, também reúne produções de alunos do curso ministrado pela artista no Núcleo Produtivo de Artesato da Redecam. Exposição conta com o apoio da União das Organizações Sociais e Culturais de Camaçari (Uosc), do artista plástico Deo Sena, e do fotógrafo Lucas Ronan Lino.




Profissional

Camaçari conta agora com um espaço diferenciado para eventos. Dotado de toda infraestrutura de atendimento e uma equipe de profissionais nas áreas de organização e produção, o Diplomata Cerimonial está preparado para garantir o sucesso de festas ou qualquer tipo de encontro corporativo. Localizado na Rua do Canal, bairro Gleba A, espaço tem capacidade para atender até 70 pessoas com todo o conforto e segurança. O Diplomata cerimonial também realiza seu evento, desde o planejamento até execução.




Cordas

Sexta-feira (20) tem recital de violinos no teatro Cidade do saber (TCS). Apresentação dos 25 alunos do Conservatório de Música, com a faixa etária entre 12 e 65 anos,  começa às 15h e tem entrada livre.  Mantido pela prefeitura, o curso é coordenado pela professora Keila Maielle.




Detalhe

As inscrições para a 3ª edição do Concurso Cultural Fotografe Camaçari foram prorrogadas  até o dia 20 de setembro. Com o tema “Camaçari: seu povo, nosso maior Patrimônio”, o concurso vai premiar imagens da cidade, sua gente e suas manifestações, com valores que  podem chegar a R$ 4.258,00, conforme a categoria escolhida. 


O Concurso Cultural Fotografe Camaçari premiará os autores das três melhores obras fotográficas nas categorias: Estudantil, Amador e Profissional, e os professores orientadores dos vencedores na categoria estudantil. A publicação do resultado final será no dia 11 de dezembro.


Para efetivar as inscrições por meio eletrônico, o candidato deverá enviar cópia digital dos documentos para o e-mail inscricoes@fotografecamacari.com.br. Presencialmente, deve se dirigir à Secretaria de Cultura (Secult), localizado na Cidade do Saber, das 08h às 12h e das 13h às 17h.




Ficção

"República dos Mentecaptos" é o novo livro que o jornalista, escritor e conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Fernando Vita, lança nesta quinta-feira (12), na Livraria Saraiva do Shopping Salvador.  


História que se passa na imaginária Todavia, município situado no recôncavo baiano, reúne personagens ociosos, cortesãs, e espertalhões numa cidade governada por um prefeito que quer ser governador da Bahia e colocar seu chefe, o governador ACM, no Palácio do Planalto.




Genial

Imperdível, a mostra que homenageia os 500 anos da morte de Leonardo Da Vinci (1452/1519). São 60 obras, entre maquetes, reproduções de pintura e de desenhos de anatomia humana, além de uma "linha do tempo" sobre o artista. 


Com entrada  franca, exposição com reproduções dos inventos do artista e cientista italiano que ficou conhecido pela pintura Monalisa, pode ser conferida até o dia 29 de setembro no Palacete das Artes,  no bairro da Graça, em Salvador. Visitações de terça a sexta-feira, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. 




Telona

O flme A Vida Invisível representará o Brasil  na disputa por uma vaga de melhor filme estrangeiro no Oscar 2020. Dirigido por Karim Aïnouz, longametragem com estreia  no final de outubro, conta a história de duas irmãs impedidas de viverem os sonhos que alimentaram juntas ainda adolescentes. 


Produção estrelada por Carol Duarte e Julia Stokler nos papéis de Eurídice e Guida, tem participação especial de Fernanda Montenegro. As indicações ao Oscar serão reveladas no dia 13 de janeiro, e a cerimônia de premiação acontece em 9 de fevereiro, em Los Angeles.




Ziriguidum

Sábado tem samba dobrado em Camaçari. A partir das 16h acontece o  projeto Samba na Praça. Festa no bairro da Bomba, que completa a sua 13ª edição, vai homenagear os pais. Mais tarde, a partir das 17h30, o agito fica por conta da Turma do Samba, no Camaçari Open, na avenida Jorge Amado. As duas apresentações são free 




Gratidão

O acervo do memorial Irmâ Dulce ganhou um óleo sobre tela do artista plástico Nilson Carvalho. Retrato com tamanho 70 x 70  foi doado pelo artista como gratidão e reconhecimento  ao trabalho da religiosa e primeira santa brasileira reconhecida pelo Vaticano. 


Morador de Arembepe, orla de Camaçari, Nilson Carvalho nasceu no bairro do Uruguai em Salvador, e foi um dos que teve o previlégio de conhecer a freirinha e ter recebido seus cuidados através do trabalho social desenvolvido pela religiosa no bairro de Roma. O Memorial funciona ao lado do Hospital de Irmã Dulce. 




Resgate

O ator Fabricio Boliveira é o cantor Wilson Simonal no filme  que entra em cartaz nos próximos dias. "Simonal" , dirigido por Leonardo Domingues conta a história do cantor negro que no começo dos anos 1970 é acusado de usar agentes do DOPS, o órgão de repressão da ditadura militar no Brasil, para sequestrar e ameaçar seu ex-contador.


Acusado pela imprensa  da época de ser  colaborador da ditadura, o cantor de "Meu limão, meu limoeiro" ganhou  fama de dedo-duro e viu sua carreira desabar. Amargou anos de ostracismo e rejeição, regados a problemas com álcool. Simonal acabou pagando caro demais pelos erros por causa do racismo, avalia Boliveira. "Mataram esse mito, essa referência dele para a gente", diz. "Essas coisas não mudaram, continuam acontecendo ainda hoje."


 Esse é o 2º registro sobre a carreira desse artista.  Em 2009 Siminal   foi retratado no documentário “Ninguém sabe o duro que dei”, dirigido por Cláudio Manoel, Micael Langer e Calvito Leal. Também teve sua vida contada  nas biografias “Nem vem que não tem - A vida e o veneno de Wilson Simonal”, de Ricardo Alexandre, e “Simonal: Quem não tem swing morre com a boca cheia de formiga”, de Gustavo Alonso.




Imprensa

A produção editorial de Manoel Antonio da Silva Serva, pioneiro da imprensa privada brasileira no começo do século 19, é tema da palestra do professor doutor Pablo Antônio Iglesias Magalhães, da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB). 


Aberta ao público, palestra será nesta sexta-feira (2), a partir das 9h30, na sede da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), na praça da Sé, em Salvador.


Fundador do periódico Idade do Ouro do Brazil, 1º jornal da Bahia e o 2ª publicação do Brasil, Manoel Antonio da Silva Serva nasceu em 1760 (Portugal) e faleceu no Rio de Janeiro em 3 de agosto de 1819.




Guerreiras

A administradora e ativista camaçariense Edeilza Sousa dos Santos, conhecida como ‘Dea Santos’, é uma das 17 agraciadas com o Prêmio Maria Felipa. A honraria distribuida pela Câmara Municipal de Salvador  contempla mulheres negras que exercem funções destacadas na luta contra o preconceito e em prol da autoafirmação. prêmio foi concedidio por indicação da presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara de Salvador, a vereadora Ireuda Silva (PRB).




Novos horizontes

Ivan Antonio participou em Lyon, na França do Festival mundial de cultura da paz “DIALOGUES EM HUMANITÉ. O compositor, dramaturgo, poeta, diretor de teatro e cinema apresentou o seu projeto Teatro da Solidão Solidária (TSS), método de inclusão social, mediação e resolução de conflitos criado por ele em 2009. Em novembro, Ivan Antonio segue para os Estados Unidos, onde montou um núcleo do TSS em Nova York. Visita à África, em 2020, também está na sua agenda.




Tela quente

O cineasta  de "A Dama do Lotação", "Os Sete Gatinhos" e "Rio Babilônia", entre outros sucesso do cinema nacional, é tema do  documentário "Neville DAlmeida– Cronista da Beleza e do Caos". Dirigido pelo crítico Mario Abbade, o longa procura mostrar quem foi esse cineasta e artista plástico que bagunçou o panorama cultural brasileiro nos anos 1970 e 1980 com filme picantes e  temas controversos. Neville, 78 anos, considerado o cineasta mais censurado do cinema brasileiro, realizou 14 filmes e foi ator em outra dezena de produções. Filme entre em cartaz nesta semana. 




Resgate

O filme “Marighella” que conta a história do guerrilheiro comunista Carlos Marighella, dirigido pelo também baiano Wagner Moura, será lançado no dia 20 de novembro no mesmo dia  em que é celebrado o Dia da Consciência Negra. Filme tem o cantor e compositor Seu Jorge no papel principal.




Beleza pura

Programa imperdível para a próxima quinta-feira (30) é o Sarau Poético “Buxixo Literário”, que acontece a partir das 18h, no Centro Cultural Bule Bule, praça da Piaçaveira em Camaçari. Com entrada  franca, encontro  vai reunir poetas e artistas de todas as matizes numa grande confraternização da arte.


Além do Mestre Bule Bule, comandante da festa, encontro terá as participações  Samba de Roda Espermacete de Barra do Pojuca, dos poetas Anestô Alves, Tina Tude e Jonas Grabriel, do rapper Uri Menezes, do Bando de Padim Vô, do sanfoneiro Reinan e dos dançarinos Ester Militão e Jackson Vernneck.




Majestade

Já estão abertas as inscrições para o concurso Rainha do São João de Camaçari 2019. Disputa terá três faixas. Na categoria infantil poderão participar crianças de até 8 anos. Já para a disputa de rainha infanto-juvenil a idede varia de  9 a 14 anos. Na categoria principal podem participar jovens a partir de 15 anos. As inscrições estão sendo feitas no endereço do evento. Clique aqui



Anterior | |1| 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 | Próxima

Encontrado(s): 693 registros

Listando página: 1



inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL