Busca:





Padroeiro

O calendário de festejos em louvor ao padroeiro de Camaçari, São Thomaz de Cantuária, prosseguem até dia 7 de janeiro, com a procissão padroeiro de Camaçari. Até o dia 7 de janeiro, quando acontece a grande procissão do bairro Alto da Cruz até a catedral, no centro da cidade. Novenário começa sábado, com missa sempre às 18h.




Exemplo

A miniorquestra formada por 10 jovens flautistas e cantores da Casa da Criança e do Adolescente faz show especial, terça-feira (25/12), para os idosos do Abrigo São Francisco de Assis, na Lama Preta. O encontro entre 2 gerações começa às 14h e segue um roteiro iniciado dia 17, com apresentação do concerto natalino no Teatro Alberto Martins. O grupo Musicaliza reúne jovens com idade entre 9 e 16 anos.




Salvação

Para quem acredita que o mundo vai se acabar sexta-feira (21/12/2012), a  salvação é viajar  cerca de 1.300 quilômetros entre a Grande Salvador e Alto Paraíso, na Chapada dos Veadeiros, em Goiás. Distante cerca de 200 quilômetros de Brasília, a comunidade deve receber cerca de 10 mil  refugiados nos próximos dias. 


O vale do Capão, a pouco mais de 400 quilômetros de Salvador, na região da Chapada Diamantina, pode ser a salvação mais próxxima e acredita em 'abrigos'.


Conhecida pelas cachoeiras e  localização mística, segundo moradores, assentada numa plana de quartzo de 4 mil metros quadrados, Alto Paraíso é  a salvação para quem acredita no calendário Maia. Essa é a 2ª vez que a cidade serve de abrigo para  quem acredita no fim dos tempos. Em 2000, na virada do século, a comunidade  também registrou movimento atípico.




Presentão

Um grupo de músicos e cantores da Casa de Inclusão da Criança e do Adolescente (Cica) prepara 2 presentes de Natal para Camaçari. Nesta  segunda-feira (17/12) eles  se apresentam  a partir das 18h, no Teatro Alberto Martins. Batizada de Grupo Musicaliza, a miniorquestra formada por 10 jovens flautistas e cantores, com idade entre 9 e 16 anos,  completa o papai Noel alegrando, dia 25, a partir das 14h, os idosos do Abrigo São Francisco de Assis, na Lama Preta. 




Para Oxum

Sábado (15/12) tem Festa de Oxum no terreiro Asé Oxum Filandereir Omingin, Parque das Mangabas. Comandada pelo Baba Paulo da Oxum, completam as homenagens, a partir das 16h,  a confirmação de ogans da casa.




Apimentado

Profissionais da mídia de Camaçari realizam almoço de confraternização, quinta-feira (13/12), no Restaurante Feijão do Lindu. O ano de 2012 e as perspectivas para 2013 completam o banquete com adesão livre e onde cada um paga  a sua conta. A festa não é fechada, mas o cardápio pode causar indigestão nos desacostumados com a livre circulação da informação, comum em encontros que reúnem gente de rádio, TV, jornal, revista e internet




Beleza pura

Sábado (15/12) tem festa para Oxum, no  Ylê  Áse  Oxum Filandareir  Omingim.  As homenagens  a  orixá da beleza e riqueza, começam às 16h e  serão presididas pelo  baba Paulo de Oxum. A  festa, que também faz a confirmação de ogans,  acontece no terreiro do Parque das Mangabas, Estrada da Cascalheira, Camaçari.




Dança de salão em cena

O espetáculo “Dois Pra lá e dois pra cá... Ontem, hoje e sempre”, que integra a sexta edição da mostra Cidade em Cena e acontece neste sábado (8), às 20h, no Teatro Cidade do Saber, pretende mostrar, de forma divertida, músicas que determinaram cada ritmo na dança de salão. 


Dirigida pelo professor Carlei Daltro, a apresentação irá exibir diferentes estilos, como o xote, bolero, salsa, samba, soltinho, tango tradicional, lambada zouk, samba funkeado, tango nuevo, baião estilizado, além de uma homenagem a Luiz Gonzaga.  Carlei conta que o tema propõe uma viagem no tempo. “Mostraremos como surgiu e como era a dança de salão antigamente, até os estilos mais atuais”. Uma das novidades é a presença de casais formados por mães e filhos ou pais e filhas. “É muito bom ouvir os relatos de como a dança melhorou o relacionamento entre eles” conclui o professor.


O espetáculo será realizado pelos educandos da Cidade do Saber, com participação do grupo Academia de Dança de Salão de Camaçari e atores convidados que, animados com o evento, se preparam há três meses, ensaiando pelo menos uma vez por semana.


Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Cidade do Saber, mediante a doação de um quilo de alimento não perecível. As doações serão encaminhadas para uma das instituições de caridade instaladas em Camaçari. Desta forma, o público, além de incentivar os artistas em desenvolvimento, faz uma boa ação a quem necessit




Bingo no Ponto

O domingo (16/12), a partir das 10h,  tem bingo no Ponto Certo.  A promoção visa  ajudar na contrução da sede da associação de moradores do bairro. A cartela custa R$ 10 e garante um número extra para sorteio de brindes. Entre um bingo e outro a galera se diverte com as bandas Corda Bamba e Movimento Arrochante e o cantor Jorge Cabeleira. As cartelas podem ser adquiridas pelos telefones (71) 9646-5900 ou 8224-8621.




Amor e letras

Pólvora e Poesia é a opção teatral de domingo (02/12), Teatro Cidade do Saber (TCS). Encenado pelos atores Caio Rodrigo e Talis Castro, o texto  de Alcides Nogueira com direção de Fernando Guerreiro coloca no palco as relações de amor e disputa entre os poetas Paul Verlaine e Arthur Rimbaud, marcas do século 19. Os ingressos para o espetáculo, impróprio para menores de 18 anos, custam R$20 e R$10.




Energias

Sincretismo Dia 8 de dezembro não é dia de festa apenas para católicos, com as homenagens a Nossa Senhora da Conceição da Praia, padroeira da Bahia. O povo de santo do terreiro Lemba, em Camaçari, faz festa pelos 7 anos de obrigação de Makota Matambesy, filha de Iansã ou Mameto Kayango, como é conhecida na linguagem banto a rainha das tempestades e dos ventos




Jorge Cine Amado em Camaçari

Instigar os jovens a conhecerem a obra do escritor baiano Jorge Amando é o objetivo do projeto Jorge Cine Amado, que chega à Camaçari nesta sexta-feira (23) e deve contemplar 1.120 adolescentes de 16 a 21 anos que estudam em dez escolas da rede pública de ensino, entre elas três são de Camaçari.


A apresentação será realizada no Teatro da Cidade do Saber, em duas sessões, às 9h e às 15h, quando serão exibidos o filme Capitães da Areias e o documentário Jorge Amado, de João Moreira Sales. Na sequência, será iniciado um bate papo com Caco Monteiro, ator dos filmes Tieta e Capitães da Areias e idealizador do projeto Jorge Cine Amado.


De acordo com Caco Monteiro, o projeto vai contemplar diversas cidades baianas e Camaçari não poderia ficar de fora. “Camaçari está se tornando um grande polo de cultura. Sabendo disso, fizemos questão de trazer o projeto para cá”, frisou.


A iniciativa beneficia estudantes de Teatro da Cidade do Saber e alunos das escolas municipais São Tomaz de Cantuária, Normal e Centro de Educação Municipal de Camaçari, instaladas na sede, além de alunos de escolas da orla, como Tancredo Neves, Marques de Abrantes e Lídia Coelho e estudantes das escolas estaduais Polivalente, Luiz Eduardo, Gonçalo Muniz e José de Freitas e Mascarenhas.


Realizado pela Seu Kirim Produções e Lanterninha Produções, o Jorge Cine Amado conta com o apoio da prefeitura de Camaçari, da Vale, da Ferrovia Centro-Atlântica, do Ministério da Cultura e do governo do estado.


A mostra itinerante Jorge Cine Amado é uma seleção de seis filmes brasileiros, sendo quatro deles adaptações de obras literárias de Jorge Amado e dois documentários sobre o escritor. Os filmes apresentados foram dirigidos pelos cineastas Glauber Rocha, Bruno Barreto, Cacá Diegues, João Moreira Salles, Sérgio Machado e a sua neta Cecilia Amado. Várias gerações do audiovisual brasileiro recriam os cenários e personagens do autor. 


O projeto Jorge Cine Amado, que conta com a exibição dos filmes, palestras e debates, integra a série de eventos em comemoração ao centenário de nascimento de Jorge Amado, ocorrido este ano.


Com criação e produção do ator e produtor Caco Monteiro, teve sua estreia na 5ª edição do festival de cinema dirigido por dois baianos, no Los Angeles Brazilian Film Festival, ocorrido entre 15 e 19 julho.


O Jorge Cine Amado foi desenvolvido para participar do Los Angeles Brasilian Film Festival, realizado em julho, nos EUA, e conquistou menção honrosa. Em outubro, os idealizadores da mostra decidiram expandir o projeto e apresentá-lo em cidades baianas.




Tributo à Legião Urbana

No dia 22 de novembro, às 19h, os fãs de Legião Urbana terão a chance de relembrar, no Teatro Cidade do Saber (TCS), alguns dos maiores sucessos do grupo. O show Qu4tro estações – Música pra falar da nossa história, promovido pela Banda Saturno, promete mexer com as emoções do público num tributo ao grupo que marcou a geração dos anos 80 e até hoje conquista admiradores em todo o país.


Segundo os artistas, o show é o pontapé inicial de um projeto que reúne música, teatro e educação com a intenção de homenagear os 30 anos de surgimento da Legião Urbana e, através disso, investigar a trajetória da banda e os acontecimentos históricos que marcaram o período de surgimento da “geração coca-cola” até a atualidade.


A Banda Saturno tem Caio Rodrigo no vocal, Juracy do Amor na guitarra e voz, Tati Trad comandando o contra- baixo e Tiago Trad na bateria. O show é realizado pela Terceira Margem Produções e em Camaçari contam com apoio cultural do Quintal do Dodí, Feijão do Lindú e Gilzan Delicatessen.


As entradas custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) e começam a ser vendidas na bilheteria do Teatro Cidade do Saber na segunda-feira (19/11), das 14h às 17h. No dia do show, é possível adquirir o ingresso das 14h até o início do evento. A classificação indicativa do espetáculo é de 15 anos.




Risos com Los Catedrásticos

No sábado (24), às 20h, e domingo (25), às 19h, o público vai poder rir e se deliciar com o espetáculo Los Catedrásticos, no Teatro Cidade do Saber, em sua temporada Nova Mente.


Tendo a temática baiana como diálogo, o espetáculo é encenado em forma de recital, com músicas de axé, pagode, funk e arrocha, e presta homenagem a artistas da música baiana e brasileira. Revela um teatro vivo, inserido no contexto cultural do cotidiano baiano e voltado para a encenação das potências, perplexidades, valores e identidades do nosso tempo e lugar


Um dos maiores sucessos de público do teatro nacional em 2012 e segunda maior bilheteria da história do teatro baiano, Los Catedrásticos tem direção de Paulo Dourado, reunindo os atores Cyria Coentro, Jackson Costa, Maria Menezes, Ricardo Bittencourt e Luis Pepeu.


Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia) e podem ser adquiridos a partir do dia 19, das 14h às 17h, na bilheteria do Teatro. A censura é de 16 anos.




Inovação e estrada

O Clube de Patifes completa 14 anos de inovação e boa música. Com os discos “Do Palco ao Balcão” e “Com Um Pouco Mais de Alma”, e o clip “um dia Blue”, a banda espera dezembro para cantar parabéns. O super show, dia 21, antes da chegada do papai noel, no Teatro Alberto Martins, terá a participação da banda Maglore.  Agora, com formato acústico, o grupo tem  Pablicio  Pablues no vocal, e Fabrício Barreto e Billy Cascão nos violões. O Clube de Patifes integra e fomenta a cena artística na Bahia, a partir de Camaçari, através da Cooperarock e do Capivara Coletivo Cultural.




Último dia de Namíbia, Não!

Sucesso de público, volta aos palcos de Camaçari o espetáculo Namíbia, Não!, drigido pelo baiano Lázaro Ramos. A peça está em cartaz no Teatro da Cidade do Saber (TCS) até este domingo (11), às 19h. Os ingressos estão à venda na bilheteria do TCS, das 14h às 17h.  


Namíbia, Não! foi apresentada pela primeira vez em Camaçari em 2011, quando foi sucesso de público. A montagem promete provocar uma ampla reflexão sobre a situação do negro no Brasil. Cerca de 20 mil espectadores baianos já prestigiaram a peça que se mostra bem humorada e inteligente.


Contemplado com o Prêmio Braskem de Teatro 2011, Namíbia, Não! aborda uma situação hipotética de que, no ano de 2016, o Governo brasileiro obrigou que os afrodescendentes regressassem imediatamente para a África, provocando, em pleno século XXI, o revés da diáspora vivida pelo povo africano do Brasil escravocrata.


Nos dias de espetáculo, os ingressos podem ser adquiridos das 14h até o início da apresentação. A inteira custa R$ 20 e a meia entrada sai por R$ 10. A classificação indicativa do espetáculo é 14 anos.




Movimento

Sábado (10), tem agito em Vilas do Atlântico, com a ‘Vem ni Mim Verão". O movimento começa a partir das 14h e tem como atrações CLub Mix, Sheik Babalu, Ex-Namorados e DJ. A entrada custa R$ 50 (homem) e R$ 30 (mulher), com  cerveja, refri e água totalmente free.  A festa "Vem ni Mim Verão" acontece na Avenida Praia de Itamaracá, em Vilas.




100 anos de Gonzagão no Planalto

Nesta terça-feira (6) será aberta no Palácio do Planalto, em Brasília, uma exposição em homenagem ao centenário de nascimento do compositor e instrumentista Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Intitulada "O Imaginário do Rei – Visões Sobre o Universo de Luiz Gonzaga", a mostra é composta por esculturas, xilogravuras e até roupas relacionadas à vida e à obra do compositor popular.


A exposição vai reunir obras de artistas de todo o país, quase todas criadas especialmente para a mostra. Além das obras dos artistas, haverá também fotografias, CDs e livros sobre Luiz Gonzaga.


Com entrada gratuita, a exposição acontece até dia 5 de dezembro, no térreo do Palácio do Planalto, aberta à visitação de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos domingos, das 9h30 às 14h30. A organização é do Ministério da Cultura, via Fundação Nacional de Artes (Funarte), e a curadoria é do artista plástico, compositor e poeta paraense Bené Fonteles. Antes de chegar a Brasília, a exposição passou por Salvador (BA), Fortaleza (CE) e João Pessoa (PB).


Luiz Gonzaga também será homenageado no Palácio do Planalto nesta segunda-feira (5), quando será feita a premiação da Ordem do Mérito Cultura (OMC), edição de 2012, durante cerimônia com a participação da presidente Dilma Roussef. A cada edição da OMC uma personalidade é  homenageada.




De volta aos palcos de Camaçari

Mais uma vez, o Teatro Cidade do Saber (TCS) abre suas portas para a aclamada peça “Namíbia, Não!”. Apresentada no TCS em 2011, a montagem promete repetir o sucesso este ano, levando com humor e inteligência o público a refletir sobre a situação do negro no Brasil. As apresentações ocorrem nos dias 10. às 20h, e 11, às 19h. 


Contemplado com o Prêmio Braskem de Teatro 2011, na categoria de Melhor Texto, o espetáculo tem direção de Lázaro Ramos e já passou por diversas cidades brasileiras, a exemplo do Rio de Janeiro, Curitiba e São Paulo.  


Na Bahia, mais de 20 mil espectadores já prestigiaram a peça que tem argumento provocativo ao abordar uma situação fictíícia, ambientada no ano de 2016, quando o governo brasileiro obriga que todos os afrodescendentes regressem imediatamente à África, provocando, em pleno século XXI, o revés da diáspora vivida pelo povo africano do Brasil escravocrata.


Ao final das apresentações, um formulário é distribuído para que o público possa sugerir ideias para que Lázaro Ramos transforme o espetáculo em filme. Roteirizado por Sérgio Machado, João Rodrigo Matos e pelo próprio Aldri Anunciação, autor do texto original, Namíbia, Não! será o primeiro longa-metragem dirigido por Lázaro.


Os ingressos começam a ser vendidos no dia 5, na bilheteria do TCS, das 14h às 17h.  Nos dias de espetáculo, podem ser adquiridos das 14h até o início da apresentação. O valor é de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). A peça é indicada para maiores de 14 anos.




O Samba é Meu Viver

Neste domingo (4), a cantora Dayna Lins se apresenta no palco do Teatro Alberto Martins, em Camaçari, às 18h. A apresentação faz parte do projeto Cultura em Movimento realizado pela Secretaria da Cultura do município, que tem como principal característica a gratuidade de todas suas atividades.


A cantora traz ao público o show “O samba é meu viver”. Com um repertório influenciado por mitos da (MPB) como Elis Regina, Clara Nunes, Maria Rita, Alcione e Cartola a artista promete, ao emprestar a sua identidade vocal potente às interpretações das canções, fazer o público vibrar e não deixar ninguém parado. É ir e conferir!


Clique e confira o vídeo: Baiana- Dayna Lins


O que? Show O Samba é Meu Viver


Que horas? A partir das 18h


Onde? Camaçari, Teatro Alberto Martins


Quanto? Entrada franca



Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 |24| 25 26 27 28 29 30 | Próxima

Encontrado(s): 586 registros

Listando página: 24



inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL