Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 30 de março 2021


Despectum  Finalmente, a prefeitura de Camaçari entendeu o caminho certo e decidiu respeitar a Lei e, o que parecia coisa do outro mundo, honrar os mortos. Depois de um festival de equívocos denunciado pelo Camaçarico (Confira), e ampliada por um áudio, que circulou nas redes sociais, onde dirigentes da Sesp aparecem planejando a remoção ilegal de restos mortais no cemitério do bairro Gleba H, a doutora Arlene Rocha, titular da secretaria de serviços públicos (Sesp), resolveu se mexer e fazer a coisa certa.


Despectum 2  Ainda que atrasada, depois de tentar desqualificar as denúncias com a acusação vazia de fake News, a Sesp lançou convocação para que parentes de pouco mais de 200 sepultados no cemitério apareçam no prazo de 10 dias. Apesar de informada no site da prefeitura na segunda-feira (29), prazo começou a contar no dia 26, quando foi publicado no Diário Oficial (Confira), o que reduz essa data limite para segunda-feira (5/4).  


Despectum 3 Como não planejou ampliar o cemitério, mesmo sabendo que a Covid-19 vinha contribuindo de forma significativa para o aumento dos registros de óbitos, a solução foi acelerar o processo de desocupação de túmulos para suprir a carência. Descontrole da situação, como se o governo do alcaide Elinaldo estivesse lá no início do primeiro governo, em março de 2017, fica clara na própria nota distribuída semana passada pela prefeitura. “A Sesp informa, ainda, que a exumação dos corpos só irá ocorrer após a realização de um estudo técnico e a comunicação prévia com seus familiares.” , diz trecho do comunicado distribuído dia 17 e com o sugestivo título “Sesp desmente fake news sobre exumações no Cemitério Jardim da Eternidade” (Confira).


Despectum 4 Por falar na Sesp, as compras para a ceia da Semana Santa devem provocar movimento extra na Feira de Camaçari. Cabe à pasta da doutora Arlene Rocha adotar as devidas medidas, para que o descuido não se amplie, como já vem ocorrendo aos sábados com grande concentração de pessoas e poucos cuidados.


Movimento O presidente do Legislativo de Camaçari (biênio 2021/2022), Junior Borges (Democratas), segue nadando de braçada. Além de encontrar tudo por fazer num Legislativo com voz rouca, imagem desgastada e histórico de descuido com sua missão, o jovem político não perde o relógio e sempre tem uma agenda positiva para alimentar seu currículo de pretendente ao posto de alcaide em 2024. Isso sem falar no provável teste de 2022 para uma das 63 vagas na Assembleia Legislativa.


Movimento 2 A última, que parece coisa da carochinha, mas é real, foi a decisão de implantar elevadores no Legislativo, como forma de assegurar acessibilidade a todos que desejarem procurar a Casa do Povo. Lei Federal de 2015, que obriga a adoção de medidas que assegurem mobilidade, passou pelos presidentes José Marcelino (PT), Oziel Araújo (PDT) e Jorge Curvelo (Democratas). Esse último, agora no posto de secretário de esportes, precisou de quase 2 anos para realizar uma reforma no Plenário. Mesmo assim esqueceu do elevador que atenderia mais da metade dos 21 gabinetes dos vereadores e de outros setores instalados no primeiro andar do prédio.


Movimento 3 Apesar do orçamento de pouco mais de R$ 40 milhões, Câmara nunca se interessou em investir num equipamento de cidadania que custa menos da metade dos cerca de R$ 70 mil de verba de gabinete que cada um dos 21 vereadores de Camaçari recebe mensalmente.


Invisíveis  O secretário de saúde de Camaçari, doutor Elias Natan, não pode mais ignorar a população em situação de rua no seu calendário de prioridades de vacinados contra a Covid-19. Sem números precisos, município deve somar cerca de 200 cadastrados no Centro Pop, como é conhecida a unidade especializada em atendimento à população em situação de rua, ligada à pasta do desenvolvimento social e cidadania (Sedes).


Invisíveis 2 Vereador eleito e licenciado do PSDB, o doutor precisa se mirar no exemplo da capital paulista, que já imuniza essa população desde o começo do mês. Diferente de São Paulo, que tem no padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo da Rua, como seu principal referencial e defensor dos direitos desses iguais, Camaçari não tem quem defenda e reconheça essas pessoas como qualquer outro cidadão com os mesmos direitos que os demais.


Invisíveis 2 Fila dos descuidados começa pela Sedes da doutora Reni Oliveira, que parece não entender essa necessidade, além de insistir na manutenção na coordenação do Centro Pop uma gestora distante e descompromissada com as políticas públicas de apoio e reconhecimento dessa população. Lista dos esquecidos é mais longa e tem nomes conhecidos, como a Igreja Católica do bispo Dom Petrini, e os pastores evangélicos e seus templos sempre cheios de bondade e exemplos de igualdade.


Visíveis A prefeitura deve definir até esta quarta-feira (31), o plano de retomada das atividades não essenciais, com representantes do setor produtivo do município. Reabertura geral, a partir de segunda-feira (5), segundo propostra da prefeitura, que a Coluna teve acesso, define horários para salões de beleza, academias e comércio em geral, bares e restaurantes. Maioria vai funcionar de segunda à sexta entre 8h e 16h. Feiras e venedores ambulantes começam mais cedo, às 6h e  encerram as atividades às 15h. Ainda de acordo com a proposta, os banhos de mar e de rio estão liberados, mas as atividades esportivas seguem proibidas. A venda de bebidas alcoólicas continua proibida nos finais de semana. O toque de recolher segue valendo.


Espaço  A TV Câmara de Camaçari (canal 25.1) estreia na próxima segunda-feira (5/4), às 15h, o programa “Coletivizando”. Ouvir todos os segmentos da sociedade é a proposta do programa semanal com 60 minutos de duração. Nesse primeiro bate papo o convidado é o jornalista Jeferson Beltrão. O experimentado profissional de TV, Rádio e Internet vai falar sobre defesa da profissão de jornalista e a atuação da imprensa na pandemia. Mediado pela jornalista da TV Câmara, Fernanda Santana, programa terá como convidados os jornalistas Romero Mateus e esse editor.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


30/3/2021

Mais Notícias

OAB-Camaçari aciona MP e pede suspensão de obras na praça de Vila de Abrantes
Camaçari registra 1 óbito e 52 novos casos de Covid em 24h
Camaçari distribui sementes e insumos para pequeno agricultor
Anvisa suspende imunização de gestantes com a Oxford/AstraZeneca
Pesquisa mostra que 9% das mulheres sofreram violência sexual
Camaçari registra 2 óbitos e 7 novos casos de Covid em 24h
Camaçarico 10 de maio de 2021
MP cobra de Camaçari o cumprimento da revisão do PDDU
Polícia prende suspeitos pelas mortes do caso Artakarejo
Fiocruz descumpre prazos para vacinas e vira motivo de críticas


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2021 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL