Busca:






Fabiana Franco


Ressaca de Arembepe



Mais que um festival. Um conjunto de equívocos, desorganizações... Camaçari é uma das poucas cidades que dá mais importância a festa e eventos que atividades em outras áreas mais estratégicas. Prova disso são dois coordenadores de eventos em uma gestão só: Um indicado pelo Prefeito Eleito: Junior Barlley e o outro do Prefeito de Fato: Luis Mário indicado de Helder Almeida.


O Festival foi tomado pelo Coordenador indicado pelo Prefeito Helder Almeida e esse provou quem manda na gestão. Gastos exorbitantes! Opinião unânime como uma das piores festas da historia. Como se não bastasse à farra com dinheiro publico as duas coordenações de eventos não tiveram a perspicácia em avaliar alguns pontos fundamentais:


A Tradicional Festa uma espécie de Micareta já que o prometido Camafolia não passou de mais uma das muitas promessas eleitoreiras chocou com o aniversario da capital. Com atrações de peso os soteropolitanos ficaram por Salvador. Ou alguém imaginava que em pleno período de escassez econômica alguém iria sair de sua cidade pagar um pedágio de 10 reais e um litro de gasolina por 4,80 para vim para uma festa com uma programação pífia?


Alem da coincidência com os dez dias de show teve a sabotagem de São Pedro  revoltado com perda do auxilio de mudanças temporais dos Pescadores os quais tem o Santo como Padroeiro. Caiu água no baile. Mais um dos muitos equívocos de quem não teve o mínimo de cautela, bom senso. Tinha tantos toldos sem está utilizando bem que poderiam ter colocado na Praça das Amendoeiras para não molhar quem tinha ido bailar.


Por falar em capital: Camaçari hoje é o quintal de Salvador bem que poderiam solicitar assessoria técnica, para copiar um bom exemplo da capital. Diferente da gestão Demista de Camaçari, ACM Neto presidente nacional do DEM  e Prefeito de Salvador usou seu know how para fazer captação de recursos com as PPP ( Parceria Publico Privada). A Skol da multinacional AMBEV com fabrica no Pólo Petroquímico contribuiu em que com mais esse evento? Usando nossa deliciosa água do Aqüífero de São Sebastião, uma das melhores águas do mundo, matéria prima para marcas como a Schincariol, Itaipava e Skol. O Carnaval existe uma grande disputa das cervejarias e outras empresas para patrocinar a festa trazendo benefícios a Salvador, já que gera economia aos cofres públicos e emprego.  Alem das cervejarias temos em nossa região mega fabricas e empresas que poderiam contribuir com a gestão pública já que a maioria exploram  recursos hídricos e minerais da cidade recebendo na maioria das vezes isenção de impostos.


Mas vida que segue: Depois de lascarem os cofres públicos para a realização de uma mega e cara festa agora é hora do desconforto daressaca. A  população amarga a não reforma das escolas municipais no tardio retorno ás aulas, na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Arembepe não tem material básicos para curativos diários,  descontos nos contracheques  dos professores da rede municipal, Servidores Públicos sem reajuste, exorbitante aumento da tarifa do sucateado e  precários transporte coletivo, equipamentos públicos como por exemplo o Horto Municipal, A Cidade do Saber, Camelódromo  dentre outros abandonados, depredados sem manutenção, e pasmem sem nenhum projeto para revitalização dos mesmos.


A irritabilidade do Povo de Camaçari começa com a não geração de emprego e renda, a economia local despencando. Comerciantes locais amargando o pesadelo da falência e nenhum horizonte se apresenta. População mais carente beneficiaria dos programas sociais coagidos a terem suas imagens expostas agradecendo ao “Prefeito Elinaldo” pela Cesta de Páscoa.  E o “parceiro do povo” comprando sites para servirem como diário oficial, covardemente o ex-combativo e líder da oposição prefere a comodidade das perguntas adocicadas de um radialista mercenário que alugou sua casa para a gestão publica e sua esposa nomeada na gestão municipal.  


Eta Ressaca que dói! Mas como disse o dublê de Prefeito: é Festa que vocês querem...


Fabiana Franco fabianadacruzfranco@gmail.com é filha de Camaçari, empresária e pesquisadora em politicas sociais


Opiniões e conceitos expressos nos artigos são de responsabilidade do autor


 
Últimas Publicações

Culpados X Prejudicadas
Ressaca de Arembepe


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL