Busca:

  Notícia
 
TSE marca para dias 16 e 21 o julgamento que pode cassar Moro


Será nos dias 16 e 21 de maio o julgamento dos recursos que buscam a cassação do senador Sergio Moro (União-PR). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marcou as datas  de  apreciação dos recursos apresentados pelo PT e pelo PL contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), em abril, que absolveu o ex-juiz das acusações por cinco votos a dois.


Os partidos acusam Moro de ter cometido abuso de poder econômico, pois, em 2022, teria utilizado recursos de forma irregular durante a pré-campanha. No ano anterior, ainda no Podemos, o ex-juiz da Operação Lava-Jato realizou atos na sua pré-candidatura à Presidência. As siglas falam em “desvantagem ilícita” em relação aos demais candidatos em razão de “altos investimentos financeiros” realizados antes do ex-ministro da Justiça mudar de partido e se candidatar ao Senado pelo União Brasil.


O Ministério Público aponta que foram gastos cerca de R$ 2 milhões do Fundo Partidário com o evento de filiação de Moro ao Podemos e com contratações de produção de vídeos para promoção própria e de consultorias eleitorais. O PL indica gastos supostamente irregulares de R$ 7 milhões, já o PT afirma que o senador teria gasto R$ 21 milhões.


Caso Moro seja cassado, uma nova eleição para a vaga no Senado poderá ocorrer no Paraná. No PT, os deputados Zeca Dirceu e Gleisi Hoffmann despontam como possíveis nomes do partido para a disputa.

Mais Notícias

Colunistas Adelmo Borges
Colunistas Angélica Ferraz de Menezes
Colunistas Waldeck Ornélas
Colunistas Adelmo Borges
Colunistas José Carlos Teixeira
Colunistas Angélica Ferraz de Menezes
Coluna Camaçarico 11 julho 2024
Colunistas Waldeck Ornélas
Colunistas Luiz Duplat
Colunistas Adelmo Borges


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2024 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL