Busca:

  Notícia
 
Brasil é o 17ª no ranking de potências militares do planeta


O Global Firepower, um ranking especializado em potências militares, mostra o Brasil na 17ª posição, dois lugares a menos na comparação com  o ranking de 145 países ante o 15º lugar que figurava na classificação de 2023 do Global Firepower. Na América Latina a  força brasleirea é a maior. 


 Segundo o ranking, a Força Aérea Brasileira (FAB) detém 628 aeronaves, incluindo 46 caças, 72 aviões de ataque, 111 de transporte, 206 de treinamento, 24 de missão especial, dois aviões-tanque e 195 helicópteros. 


Na mediçãop de fatores como quantidade de helicópteros, caças, interceptadores, bombardeiros, jatos de transporte e outros tipos de aeronaves, os Estados Unidos, a Rússia e a China estão entre as três maiores do planeta. O Brasil fica atrás da Coreia do Norte (11º), Taiwan (14º) e Reino Unido (15º).


Maior potência militar do mundo, os EUA têm em seu arsenal 13,2 mil aeronaves militares. Entre elas, 1.854 caças e 896 caças de ataque. Os helicópteros, 5.737 ao total, representam cerca de 40% da frota americana.


A Rússia tem 4.255 aeronaves militares, de acordo com a Global Firepower, entre 730 caças de ataque, 453 aeronaves de transporte, 1.547 helicópteros, 559 helicópteros de ataque e 145 aviões de missão especial.


A China está em terceiro lugar, com 3.304 aeronaves militares. O país possui 1.207 caças, 913 helicópteros, 281 helicópteros de ataque, 371 caças de ataque e 289 aeronaves de transporte, além de 112 aviões de missão especial e 10 aviões-tanque.


A Índia possui 2.296 aeronaves militares. O arsenal conta com 606 caças, 130 caças de ataque, 351 aeronaves de treinamento, 264 aviões de transporte, 70 aeronaves de missão especial, seis aviões-tanque e 869 helicópteros, além de 40 helicópteros de ataque.


Entre suas 1.576 aeronaves militares, a Coreia do Sul,  em quinto lugar,  tem 354 caças, 98 caças de ataque, 41 aeronaves de transporte, 288 de treinamento, 33 de missão especial, quatro aviões-tanque, 758 helicópteros e 112 aeronaves de ataque.


Em sexto, o Japão tem 1.459 aeronaves militares, que incluem 557 helicópteros e 217 caças, 420 aviões de treinamento, 145 de missão especial e 119 helicópteros de ataque, além de oito aviões-tanque e 56 aeronaves de transporte.


O Paquistão, em sétimo,  tem 1.434 aeronaves militares em seu arsenal, que inclui 549 aeronaves de treinamento, 387 caças, 90 caças de ataque, 60 de transporte, 25 de missões especiais, 352 helicópteros, 57 helicópteros de ataque e quatro tanques.


Em oitavo, o Egito tem 1.080 aeronaves militares, incluindo 238 caças, 88 caças de ataque, 59 aviões de transporte, 346 de treinamento, 11 de missão especial, 338 helicópteros e 100 helicópteros de ataque.


A Turquia, em nono,  tem uma frota de frota de 1.069 aeronaves militares, com 111 helicópteros de ataque e 205 caças, além de 83 aeronaves de transporte, 275 de treinamento, 22 de missão especial, sete aviões-tanque e 502 helicópteros.


A França ocupa o 10º lugar com 972 aeronaves militares, incluindo 224 caças e 447 helicópteros, 118 transportadores, 140 aviões de treinamento, 44 de missão especial e uma frota de 17 petroleiros, além de 69 helicópteros de ataque.

Mais Notícias

Bahia é o 7º em participação do Produto Interno Bruto do Brasil
Colunistas
Julgamento que pode tirar mandato de Moro começa dia 1º de abril
Daniel Alves deve ter estátua retirada depois da condenação
Exército prepara salas para Bolsonaro e generais se forem presos
Brasil registra 135 morte pela dengue e recebe alerta internacional
Daniel Alves fica preso até 2027 por estupro na Espanha
Festival de Arembepe terá 26 blocos de rua com Psirico e kannalha
Sentença de Daniel Alves pode ser anunciada nesta quinta-feira
Wagner se abstém na votação que acabou com saidinha de preso


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2024 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL