Busca:

  Notícia
 
Greve a partir de quinta-feira para transporte por ônibus na RMS

Os rodoviários da Região Metropolitana de Salvador decretaram greve por tempo indeterminado a partir da quinta-feira (24). A decisão foi aprovada por assembleias realizadas sexta-feira (18), em dois turnos, na sede do sindicato em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador. Segundo o sindicato, cerca de 1.100 trabalhadores aprovaram a paralização.


Os rodoviários alegam que as negociações não avançam e  cerca de 400 rodoviários foram demitidos com a suspensão de 5 linhas metropolitanas:  Vilas de Abrantes / Lapa;  Vida Nova/ Itaigara;  Itinga / Ribeira; São Joaquim /Vilas Abrantes ; Vida Nova/ Barra e redução do trajeto de Vilas do Atlântico até o Campo Grande. Ainda segundo o sindicato,  cerca de 2.100 rodoviários metropolitanos trabalham nas empresas BTM, Expresso Atlântico, Expresso Vitória, Costa Verde e VSA.


 “Após da suspensão do decreto do governo da Bahia que proibia os ônibus oriundo de outros municípios entrarem em Salvador, algumas linhas intermunicipais não voltaram a rodar, com isso, os trabalhadores  que estavam em casa, agora estão desempregados. E esse número já somam 400 rodoviários, mas  pode chegar até  1.200 rodoviários desempregados,  já que existe a pretensão de se retirar mais linhas”, disse coordenador-geral do Sindmetro, Mario Cléber.


Nesse greve, segundo o sindicato, os ônibus não ficarão nas garagens.  "Vamos dirigir os ônibus até a parte interna das estações de metrô e deixaremos os coletivos estacionados lá. A greve não será nas garagens e sim nas estações, para nossas reivindicações serem ouvidas e acatadas”, afirma o dirigente sindical.

Mais Notícias

Mega Sena acumula e paga R$ 54 milhões no sábado
Bolsonaro recua e suspende decreto de privatização da saúde
Camaçari registra 15 novos casos de Covid em 24 horas
Candidato a vereador é baleado em Camaçari
TSE cassa mandato de Marcel Moraes por abuso de poder
Inflação para os mais pobres é 3 vezes maior que para os ricos
Rede faz ato contra mudança nas regras eleitorais em Camaçari
Camaçari registra 11 novos casos de Covid-19 em 24 horas
Camaçarico 27 de outubro 2020
Atrasos podem deixar 17 milhões sem as 9 parcelas do auxílio


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2020 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL