Busca:

  Notícia
 
Ministério Público da Bahia emite nota de apoio à operação Faroeste


A promotora Ediene Lousado é a chefe do MP-Bahia

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) manifestando apoio às investigações no âmbito da Operação Faroeste, que investiga venda de sentenças no Tribunal de Justiça da bahia (TJ-BA). A nota foi distribuída na sexta-feira (29) para a imprensa após o irmão da chefe do MP-BA, Ediene Lousado, o advogado  Pedro dos Santos Lousado, ser citado em gravação  feita pela Polícia Federal na operação Faroeste. 


A operação prendeu na manhã desta sexta-feira (29) a  ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). 


A Faroeste foi deflagrada no dia 19 de novembro com o afastamento do presidente do TJ-BA, Jesival Brito, além da desembargadora e candidatos ao posto, Maria da Graça e seu colega de plenário José Olegário Caldas. A operação foi determinada pelo ministro Og fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Todos são acusados de venda  de sentenças, e outros crimes.


NOTA DE ESCLARECIMENTO DO MPBA SOBRE OPERAÇÃO FAROESTE


O Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) esclarece que, ainda que a atribuição originária seja do Ministério Público Federal (MPF), está acompanhando atentamente todos os atos relacionados à “Operação Faroeste”, que tem como alvo integrantes do Tribunal de Justiça da Bahia, e sua repercussão. A instituição designou a procuradora de Justiça Márcia Guedes, subcorregedora-geral do MPBA, para acompanhar a correição na Seção de Recursos e na Secretaria da Seção de Recursos que acontece hoje, dia 29, e no período de 2 a 6 de dezembro, oferecendo amplo e irrestrito apoio às investigações. O Ministério Público espera o esclarecimento de todos os fatos e que sejam responsabilizados todos aqueles que tenham incorrido em práticas ilícitas.

Mais Notícias

Acúmulo de água provocou o rompimento de Brumadinho
Moro diz que decisão do STF piora percepção sobre corrupção
Governo suspende nomeação do presidente da Fundação Palmares
Ford considera alta a PLR paga a trabalhadores de Camaçari
Camaçarico 11 dezembro de 2019
Mancha de óleo segue sem origem e atinge mais de 900 localidades
Conflitos por terras na Amazônia já mataram 7 índios em 2019
Acervo de desembargadora presa é digno de museu, diz PGR
Justiça de Camaçari inocenta Zé do Pão e Oziel por falta de provas
Cesta de Natal da prefeitura vai beneficiar cerca de 120 pessoas


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL