Busca:

  Notícia
 
ACM Neto cobra informações sobre a ponte Salvador-Itaparica


Prefeito de Salvador diz que ponte não pode ser construída sem discussão com a principal cidade afetada

Com custo estimado em R$ 6 bilhões, ponte terá 12,4 km de extensão

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), cobrou detalhes  do governo do estado sobre  o projeto da ponte Salvador-Itaparica, que teve o  anúncio da licitação da obra feito na quarta-feira (18). De acordo com o gestor da capital,  que assegurou que a obra não vai acontecer “por cima da prefeitura”, o projeto nunca foi tratado com seriedade com a prefeitura e que nada sobre  a ponte será encaminhado enquanto o governo do estado, responsável pelo projeto,  informe os detalhes. 


“Olha, eu pergunto como um projeto desses pode ser licitado, se a prefeitura de Salvador que é a principal cidade afetada por essa obra, sequer tem conhecimento do impacto que a obra tem na cidade, como vai se encaixar na cidade, como é que esse volume enorme de tráfego vai atravessar Salvador, cortando o coração da cidade. Isso não vai acontecer por cima da prefeitura. Eu, por exemplo, não conheço o projeto, não tenho nenhum detalhe do projeto, nunca isso foi tratado com seriedade com a prefeitura e ele não vai passar por cima da prefeitura”, ressaltou Neto.


O prefeito ainda mostrou preocupação sobre o possível endividamento da obra à cidade e se mostrou contrário ao impacto financeiro. “Não adianta o Governo achar que nós vamos permitir que ele endivide as próximas gerações de baianos, pois é fácil tentar contratar o projeto agora e botar toda a conta para ser paga no futuro. Nós não vamos aceitar isso, se o Governo tiver condições hoje, de saúde financeira para bancar uma obra desse porte e ela for compatível com a cidade, ok, se ela não for compatível com a cidade, não está ok e não tem a concordância da prefeitura, agora se o governo quiser que as futuras gerações paguem essa obra, eu também sou contra”, reforçou.


 Com custo estimado em R$ 6 bilhões, ponte terá 12,4 km de extensão e integrará o Sistema Viário do Oeste (SVO)., que de acordo com o governo do estado, beneficiará 10 milhões de pessoas, que vivem em cerca de 250 municípios da Bahia.

Mais Notícias

Justiça manda suspender obras e vendas do Luar de Arembepe
Economista ligado ao agronegócio vai comandar o Incra
General fala em risco de ´convulsão social` antes de julgamento
Mais de 22 toneladas de óleo já foram retiradas de Salvador
STF começa a julgar se mantém ou acaba prisão em 2ª instância
Desigualdade aumenta no Brasil, diz estudo do IBGE
Obrigada por serem os melhores
SSP investiga atentado contra o deputado Soldado Prisco
Justiça manda interditar sedes das associações de PMs
Marcelo Odebrecht dá aula sobre boas práticas empresariais


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL