Busca:

  Notícia
 
Assassino de Moa do Katendê vai a juri popular em setembro


Mestre de capoeira foi assassinado dia 8 de outubro do ano passado, após uma discussão sobre política

O barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana, acusado de assassinar a facadas o mestre de capoeira o mestre de capoeira Moa do Katendê, irá a júri popular em 11 de setembro deste ano. O crime aconteceu no dia 8 de outubro do ano passado, horas após a votação do primeiro turno das eleições. A investigação da Polícia Civil concluiu que Paulo e Moa brigaram por divergências políticas.


O suspeito virou réu após a Justiça da Bahia aceitar a denúncia do Ministério Público Estadual (MP-BA), no dia 22 de outubro de 2018. Pela morte de Moa, Paulo Sérgio Ferreira de Santana é acusado de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. Já por ferir o primo da vítima, Germino do Amor Divino Pereira, de 51 anos, que tentou defender o capoeirista das agressões, o barbeiro responde por tentativa de homicídio duplamente qualificado.

Mais Notícias

Deputado critica Rui por mais mudanças na Previdência estadual
Novas mensagens mostram que Moro interferiu nas negociações
Liberação do saque do FGTS pode elevar PIB de 2019 para 1%
Faculdade particular vai poder revalidar diploma de médico
Amazon é investigada por usar informação de clientes
Brasil relembra tetracampeonato e retorno no voo da muamba
Nadadora baiana é a maior medalhista de maratona do mundo
Governo tenta reanimar economia com saque de até 35% do FGTS
Ministério Público começa a investigar Dallagnol e Pozzobon
Começa segunda-feira o cadastro para o transporte universitário


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL