Busca:

  Notícia
 
Assassino de Moa do Katendê vai a juri popular em setembro


Mestre de capoeira foi assassinado dia 8 de outubro do ano passado, após uma discussão sobre política

O barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana, acusado de assassinar a facadas o mestre de capoeira o mestre de capoeira Moa do Katendê, irá a júri popular em 11 de setembro deste ano. O crime aconteceu no dia 8 de outubro do ano passado, horas após a votação do primeiro turno das eleições. A investigação da Polícia Civil concluiu que Paulo e Moa brigaram por divergências políticas.


O suspeito virou réu após a Justiça da Bahia aceitar a denúncia do Ministério Público Estadual (MP-BA), no dia 22 de outubro de 2018. Pela morte de Moa, Paulo Sérgio Ferreira de Santana é acusado de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. Já por ferir o primo da vítima, Germino do Amor Divino Pereira, de 51 anos, que tentou defender o capoeirista das agressões, o barbeiro responde por tentativa de homicídio duplamente qualificado.

Mais Notícias

Justiça manda suspender obras e vendas do Luar de Arembepe
Economista ligado ao agronegócio vai comandar o Incra
General fala em risco de ´convulsão social` antes de julgamento
Mais de 22 toneladas de óleo já foram retiradas de Salvador
STF começa a julgar se mantém ou acaba prisão em 2ª instância
Desigualdade aumenta no Brasil, diz estudo do IBGE
Obrigada por serem os melhores
SSP investiga atentado contra o deputado Soldado Prisco
Justiça manda interditar sedes das associações de PMs
Marcelo Odebrecht dá aula sobre boas práticas empresariais


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL