Busca:

  Notícia
 
Sindicatos preparam a 1ª greve geral no governo Bolsonaro


Segundo o presidente da Força, Miguel Torres, governo quer poupar militares do sacrifício

 As 6 maiores centrais sindicais do país preparam uma greve gheral contra a reforma da Previdência. A manifestação em todo país está prevista para  acontecer no início de fevereiro. O presidente da Força, Miguel Torres, defende a articulação de uma grande paralisação, a ser iniciada assim que o governo apresentar sua proposta de reforma da Previdência. Ainda segundo o dirigente, existem indícios de que as mudanças serão feitas de forma a poupar determinadas categorias, em especial os militares. 


Todos ou ninguém “Por enquanto está claro que será uma reforma para manter privilégios e prejudicar os mais pobres. Não tem condições de o trabalhador pagar o pato de novo”, diz Torres.  O dirigente sindical questiona a distinção que vem sendo aventada aos militares. Os sinais, afirma Torres, são de que os integrantes das Forças Armadas continuarão “se aposentando mais cedo e com salários mais altos”.

Mais Notícias

Quem liga para o sofrimento dos animais
Desmatamento impulsiona queimadas na região Amazônica
Governo Bolsonaro quer privatizar estatais até o final do ano
Deltan queria construir monumento em homenagem à Lava Jato
Fase 63 da Lava Jato prende cunhado de Marcelo Odebrecht
Camaçarico 20 de agosto de 2019
Bahia registra 845 acidentes com ciclistas nos últimos 2 anos
Candidato a procurador da República critica a democracia
Processos trabalhistas à espera de julgamento é o menor em 10 anos
Líderes de metade dos partidos rejeitam novo imposto


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL