Busca:

  Notícia
 
Cortes no Planserv prejudicam associados, dizem hospitais

A redução pela metade o índice de contribuição do Estado no custeio do Plano de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos da Bahia (Planserv), de 4% para 2% vai comprometer o atendimento por parte da rede conveniada, formada por 1.450 estabelecimentos de saúde. Quem garante é o presidente da Associação de Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia (Ahseb), Mauro Duran Adan. 


"O Planserv permanece inadimplente com os estabelecimentos conveniados, inclusive as unidades de urgência e emergência, por conta das cotas que foram estipuladas. A redução na receita torna a situação ainda mais grave", afirmou o dirigente  da Ahseb em nota.


Já o governo do estado acredita que a redução não prejudica os usuários  do Planserv.  "A alteração na lei da contribuição patronal não irá interferir na qualidade dos serviços prestados aos beneficiários, tampouco provocará algum tipo de impacto para os seus prestadores". Em nota enviada à imprensa, o plano ressalta a necessidade de readequação das finanças públicas devido à crise econômica nacional. 


O texto ressalta ainda que serão tomadas medidas para manter o acesso qualificado aos serviços de saúde. "As ações acontecerão durante o ano de 2019 e resolverão diversas questões do plano de saúde, melhorando a relação custo/benefício e a saúde financeira do plano". Entre elas são citados um novo modelo de auditoria e o cadastro eletrônico para beneficiários.


O Planserv é o plano de saúde com maior número de beneficiários no estado. Com mais de 518 mil usuários, atende a servidores na capital e no interior (quase 70% dos trabalhadores da Bahia), além de seus dependentes/agregados.

Mais Notícias

MP aciona vereador Marcelino por contrato ilegal de R$ 500 mil
Decreto de Bolsonaro facilita a posse de arma de fogo
Inema questiona licença da prefeitura para condomínio em Camaçari
Empresa de familiares de Coronel cresce com contratos no estado
Sindicatos preparam a 1ª greve geral no governo Bolsonaro
Governador Rui Costa quer ajudar o governo Bolsonaro
Bandidos assaltam terreiro de Camaçari e agridem o pai de santo
Maioria é a favor da redução da maioridade penal no Brasil
Odebrecht usou PMs para transportar dinheiro da propina
Cesare Battisti vai cumprir prisão perpétua na Itália


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL