Busca:

  Notícia
 
Daniela processa o deputado Pastor Isidoro por difamação


Daniela Mercury vai processar na Justiça, por calúnia e difamação o  deputado estadual e deputado federel eleito, Pastor Sargento Isidório (Avante). Em vídeo gravado em julho deste ano,  pelo próprio parlamentar, a cantora é agredida  e chamada de 'endemioniada' e 'escrava do satanás'. Na ocasião Daniela criticava o cancelamento de uma peça com uma atriz transexual que seria exibida no evento em que ela cantava.


Na ação, comandada pelo criminalista Ricardo Sidi, a cantora nega agressão a qualquer religião,  que disse  que Jesus Cristo era gay, nem que  Cristo era travesti. Ainda segundo o dovumento, Daniela apenas defende o direito de qualquer artista de interpretar quem quer que seja sem ser censurado, garantindo assim o cumprimento do que está na nossa Constituição. 


Documento da defesa da cantora, distribuido para a imprensa na segunda-feira (5/11), lembra que Isidoro praticou crime de injúria. Reação do  deputado  ganhiou grandes proporções com a sua ampliação pela internet. As agressão à artista nas redes sociais, resultaram em ameaças de cancelamento de shows e pedidos de explicação à produção da artista. 


O vídeo em questão foi postado na página de Isidório no Facebook onde ele chama a cantora de “endemoniada” e “escrava de Satanás”, após a ela protestar contra a decisão judicial que impediu a exibição do espetáculo teatral “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, protagonizado pela atriz transexual Renata Carvalho, no Centro Cultural de Garanhuns, em Pernambuco.

Mais Notícias

Quem liga para o sofrimento dos animais
Desmatamento impulsiona queimadas na região Amazônica
Governo Bolsonaro quer privatizar estatais até o final do ano
Deltan queria construir monumento em homenagem à Lava Jato
Fase 63 da Lava Jato prende cunhado de Marcelo Odebrecht
Camaçarico 20 de agosto de 2019
Bahia registra 845 acidentes com ciclistas nos últimos 2 anos
Candidato a procurador da República critica a democracia
Processos trabalhistas à espera de julgamento é o menor em 10 anos
Líderes de metade dos partidos rejeitam novo imposto


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL