Busca:

  Notícia
 
Anderson Silva é novamente pego no teste antidoping


Brasileiro está fora do UFC Fight Night Xangai, que acontece dia 25 na China

O lutador brasileiro Anderson Silva está fora do UFC Fight Night Xangai, que acontece na China, no próximo dia 25.  Mais uma vez flagrado no exame antidoping, Silva   fica fora do ringue  onde disputaria com  Kelvin Gastelum. Em comunicado divulgado  sexta-feira (10/11), o UFC informou ainda que o atleta está suspenso. A Agência Antidoping dos Estados Unidos não divulgou a substância proibida encontrada nos exames.


Em 2015, Anderson Silva também teve 2 exames controversos, antes e depois do combate contra Nick Diaz, em Las Vegas, pelo UFC 183. Na ocasião, foi julgado, multado e suspenso por um ano, além de ter o resultado da luta anulado.


Íntegra do Comunicado
“A organização do UFC foi notificada hoje que a Agência Antidoping dos EUA (USADA) informou Anderson Silva de uma potencial violação da Política Antidoping oriunda de uma amostra fora de competição colhida em 26 de outubro de 2017. Como resultado, Silva foi suspenso provisoriamente pela USADA. Devido à proximidade da luta de Silva no UFC Fight Night Xangai, na China, em 25 de novembro de 2017, contra Kelvin Gastelum, Silva foi removido do card, e o UFC está no momento buscando um substituto.


USADA, a administradora independente da Política Antidoping do UFC, vai lidar com o gerenciamento de resultados e adjudicação apropriada deste caso envolvendo Silva. Sob a Política Antidoping do UFC, há um processo legal completo e justo que é disposto a todos os lutadores antes que qualquer sanção seja imposta. Informação adicional será dada no momento apropriado conforme o processo seguir adiante.”

Mais Notícias

Presidente do TJ-Bahia agora é Cidadã Camaçariense
Depoimento de ex-sócio complica o ex-gerente da Transpetro
Salvador é uma das campeãs em violência contra a mulher
Helder nega irregularidade apontada pelo Ministério Público
Celulares irregulares serão bloqueados pela a partir de 2018
Aumento na arrecadação de impostos melhora contas do governo
Justiça italiana condena Robinho a 9 anos de prisão por estupro
Pesquisa mostra crescimento na aceitação de Luciano Huck
Camaçarico 23 de novembro 2017
MP pede o bloqueio de R$ 3 milhões dos bens de Helder


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL