Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 22 novembro 2018


Sintomas  O vereador Oziel Araújo segue mortalmente picado pelo perigoso e condenável vírus do poder sem limites. De costas para o púlpito, onde a simplicidade, o respeito, o equilíbrio e a igualdade são regras, o tucano insiste em atropelar a lei que proíbe a disputa pela reeleição para presidente do Legislativo de Camaçari, permanecendo assim por mais 2 anos (2019/2020).


Sintomas 2 O caminho perigoso pode ser longo e nada saudável para o processo de reciclagem e renovação necessárias numa democracia. Conquistado seu intento, tudo é possível. Quem sabe mais 2 anos de poder, a partir de 2021. E, depois, mais um biênio até 2024.


Sintomas 3 Na sessão desta quinta-feira (22), o vereador presidente colocou em votação um parecer de admissibilidade do seu projeto de reeleição, sem que o tema fosse discutido na comissão de constituição e justiça (CCJ). Sem cerimônia, Oziel atropelou o regimento interno da Câmara de Vereadores que também determina a distribuição do projeto para que seus colegas vereadores discutissem e até apresentassem emendas.


Sintomas 4 Com mais essa bicada na lei, atropelando prazos que tecnicamente tornam seu projeto de reeleição inviável, como detalhou a Coluna postada no último dia 7 (Confira), Oziel avança perigosamente.


Sintomas 5 Muito mais que o risco de ser abatido antes do pouso seguro, seu voo pode atingir a base aliada. Mesmo dona de 16 dos 21 votos da Casa, movimento de Oziel pode transformar a sucessão, palavrada para ser alternada pelo demista Jorge Curvelo, numa crise que vai estourar no colo do alcaide Elinaldo.


Tamanho-G Camaçari ganha duas novas secretarias a partir de janeiro de 2019. A secretaria avançada da costa de Camaçari, ou secretaria da orla, será comandada pelo atual vice-prefeito e 3 vezes alcaide de Camaçari, José Tude (DEM). A Coluna apurou que o cargo de sub-secretário deve ser ocupado por figura de intreira confiança de Tude. Com a nova pasta, o ex-prefeito passa a contar com 3 estruturas na sua cota de poder municipal: desenvolvimento econômico (Sedec), com  Waldy Freitas; e cultura (Secult), com a filha Márcia Tude. 


Tamanho-G 2 Como antecipou a Coluna, a outra estrutura, desmembrada da pasta do desenvolvimento econômico (Sedec), vai atender os anseios do setor turístico. A oficialização deve acontecer em meados de dezembro, após a aprovação pela Câmara de Vereadores do projeto de reforma administrativa. Com mais essas duas pastas, o chamado 1º escalão passa a contar com 20 estruturas com status de secretaria. 


Tamanho-G 3 A pasta do turismo será comandada pelo vereador Gilvan Souza (PR), que será substituído no Legislativo  por Cristiane Bacelar. Eleita pelo PR, a doutora Cristiane, irmã do deputado federal reeleito Jonga Bacelar (PR), migrou para o PRB. A subsecretária de turismo será Lúcia Bichara, profissional com larga experiência na coordenação e formulação de projetos no setor.  


Capitania  Também em janeiro a pasta do desenvolvimento social e cidadania (Sedes) ganha nova titular. Sai Ilai Ellery e entra a advogada Andrea Montenegro. Com a doutora Andrea, pasta chega a sua 4ª titular em 2 anos.


Capitania 2 Além da presença feminina, o comando da Sedes apresenta outra coincidência. Todas as titulares, desde a posse do novo governo, em janeiro de 2017, exibem sobrenomes conhecidos. A futura secretária vem da linhagem dos Montenegro, família com larga participação na política e considerada uma das mais antigas da cidade.


Capitania 3  Andrea Montenegro entra no lugar de Ilai Ellery, filha do ex-prefeito Humberto Ellery e da ex-deputada federal e 1ª titular da secretaria na atual gestão. Simara Ellery foi substituída por outra representante de família tradicional. A ex-vereadora Janete Ferreira, filha do ex-deputado Ferreira Ottomar, ex-Limpec e atual titular da pasta de relações institucionais (Serin), comandou a Sedes entre janeiro e abril deste ano.


Figa  O turismo na Bahia vai mal e a outrora campeã de visitantes do Nordeste, e uma das líderes em todas as medidas no setor em todo país, agora oscila entre a vice-liderança e o 3º lugar na região, atrás de Fortaleza e disputando turistas com Recife.


Figa 2  A constatação passa longe do tão em moda ‘fake news’. Quem garante é o ex-secretário de cultura e turismo do estado e ex-presidente da Bahiatursa, Paulo Gaudenzi. Considerado um dos maiores  formuladores e gestores no setor em todo país, Gaudenzi exibiu números de uma triste Bahia, na manhã desta quinta-feira (22), durante o 1º fórum de turismo de Camaçari.


Figa 3  Durante sua palestra sobre ‘turismo como vetor de desenvolvimento’, no hotel Vila Galé, orla do município, Gaudenzi citou dados que sinalizam a importância da atividade turística como geradora de emprego, maior que segmentos como a nossa tão festejada planta petroquímica. Lembrou o descaso com a nossa infraestrutura turística, como o fechamento desde 2015 do centro de convenções da Bahia. O resultado é a queda no número de passageiros que trocam Salvador por Fortaleza. Ainda segundo gaudenzi, na conta dos voos perdemos até para a capital pernambucana.


Figa 4  A palestra de Gaudenzi, presenciada pelo alcaide Elinaldo, seu vice, pelo futuro secretário de turismo, e empresários do setor no município, dá a dimensão da responsabilidade de criar uma estrutura de fomento ao turismo em Camaçari. De forma clara e inequívoca, o ex-secretário de turismo e guia  maior da Bahiatursa, desde a sua criação, deixou claro que turismo é muito mais que sacudir as fitinhas. 


Figa 5  Município com 42 quilômetros de praias, completados com um riquíssimo ecossistema formado por matas, rios, lagoas, dunas e um importante pedaço da história da Bahia, não precisa de mais uma estrutura para atender aliados políticos. Se for para apenas amarrar a fitinha sem os 3 nós e os respectivos pedidos, é melhor nem apostar.


Confira todas as Colunas acessando o link  http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


22/11/2018

Mais Notícias

Comerciantes da feira de Camaçari ocupam as ruas
Multinacionais gastaram R$ 120 bi com socorro a filiais brasileiras
Bolsonaro e Tramp firmam acordo para uso de base de foguetes
Juiza adia julgamento e feira de Camaçari não abre nesta segunda
Escritor e amigo de Bolsonaro chama o vice Mourão de 'idiota'
Filho de Bolsonaro critica brasileiro irregular em outro país
Prefeitura pede ao TJ-BA a suspensão do fechamento da feira
Festa de Arembepe comemora os 50 anos do movimento hippie
Justiça manda fechar a feira de Camaçari a partir de segunda
Prefeitura recorre contra fechamento da feira de Camaçari


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL