Busca:

  Notícia
 
Brasileiro atrasa até a conta de luz para garantir consumo básico


O aumento das tarifas de energia têm  ajudado  a engrossar as estatísticas de inadimplência. Com o desemprego elevado e inflação em alta, as pessoas estão direcionando os gastos para garantir o consumo básico e comida e até se arriscam a ter luz e água cortadas ao deixar de pagar a conta.


Nos últimos 12 meses até abril, a energia já subiu 20,52%, e superou a inflação geral de 12,13% no período. Depois das pendências com bancos, com alta de 18,75%, as dívidas não pagas de contas básicas de água e luz foram as que mais cresceram em abril ante o mesmo período de 2021. O aumento foi de 7,92%, aponta levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).  No passado o avanço da inadimplência dessas contas básicas oscilava entre 2% e 3%.

Mais Notícias

Brasil não aproveita talento das crianças e amplia desigualdade
Prefeitos protestam contra medidas que ampliam despesas
Pacote de bondades levará o Brasil ao inferno após eleições
Congresso decide sobre PEC das Bondades e CPI do MEC
Senador Otto Alencar não acredita na instalação da CPI do MEC
PSOL se solidariza e repudia agressão a veículos de imprensa
Regulação: “Fila da Morte" Como Acontece
Ford passa a desenvolver tecnologia automotiva em Camaçari
Maioria das chapas presidenciais segue sem definir o vice
Mês de julho deve chover pouco na Bahia, diz Inmetro


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2022 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL