Busca:

  Notícia
 
Sem dinheiro para carne brasileiro aumenta consumo de ovos

O brasileiro nunca comeu tanto ovo como durante a pandemia. Com o aumento desenfreado do preço da carne, a queda de poder de compra da população, e a mudança de hábito trazida pela pandemia, com mais gente se alimentando em casa, o ovo teve sua presença  ampliad na mesa da população. No ano de 2020, cada brasileiro comeu 251 ovos, um volume recorde, já que há 20 anos o consumo anual de cada cidadão era de 94 unidades. Em 2010 esse número subiu para 148 ovos.


Hoje, o brasileiro come mais ovos que a média do cidadão mundial, que é de 230 ovos por ano. O alimento, que até poucos anos atrás figurava entre os vilões da saúde, condenado pelo teor de colesterol, migrou para as páginas da alimentação saudável. O Brasil produz nada menos que 1.500 ovos por segundo. As chamadas “poedeiras”, como são conhecidas as galinhas nas granjas, entregaram 53 bilhões de ovos em 2020. Neste ano, a produção deve chegar a 56 bilhões de unidades.


Com o volume recorde de consumo e alta de preços nas gôndolas do supermercado, tudo indicaria que a vida do produtor nacional de ovos já está ganha. Mas a coisa não é bem assim. Ironicamente, a indústria de ovos vive, atualmente, entre a cruz e a espada, devido ao preço do milho e do farelo de soja, a ração dos animais, insumo que responde por mais de 81% do custo de produção da proteína.


Em 2020, o valor bruto de produção de ovos chegou a R$ 19,1 bilhões. A previsão é de que haja um aumento de 5,2% neste ano, com movimento de R$ 20,1 bilhões, estima a Confederação Nacional da Agricultura (CNA).Estadão

Mais Notícias

OAB-Camaçari aciona MP e pede suspensão de obras na praça de Vila de Abrantes
Camaçari registra 1 óbito e 52 novos casos de Covid em 24h
Camaçari distribui sementes e insumos para pequeno agricultor
Anvisa suspende imunização de gestantes com a Oxford/AstraZeneca
Pesquisa mostra que 9% das mulheres sofreram violência sexual
Camaçari registra 2 óbitos e 7 novos casos de Covid em 24h
Camaçarico 10 de maio de 2021
MP cobra de Camaçari o cumprimento da revisão do PDDU
Polícia prende suspeitos pelas mortes do caso Artakarejo
Fiocruz descumpre prazos para vacinas e vira motivo de críticas


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2021 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL