Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 12 de março 2020


Proteção O alcaide de Camaçari, Antonio Elinaldo (DEM) precisa decidir rápido sobre a suspensão do festival de Arembepe. Prevista para começar na próxima sexta-feira (20), festa com duração de 4 dias e público estimado pela própria prefeitura em cerca de 100 mil pessoas, já ganhou sinal vermelho da área de saúde do município. Segundo apurou a Coluna, técnicos da secretaria de saúde de Camaçari (Sesau), e outras autoridades do primeiro escalão do governo defendem a suspensão do evento em função do avanço do Covid-19 no estado.


Proteção 2 As ameaças são grandes e já movimentam o Comitê Operacional das Emergências (COE-Saúde) que deve se reunir no começo da próxima semana. Estrutura coordenada pela Sesau e formada pelas demais secretaria municipais, Hospital Geral de Camaçari (HGC), Defesa Civil, Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (COFIC) e Polícia Rodoviária Estadual vai discutir justamente os riscos de manutenção da festa e os procedimentos com o registro de casos no município. 


Proteção 3 Mesmo sem nenhum caso confirmado, já que os 4 suspeitos de contaminação pelo coronavírus foram identificados como gripe Influenza, município se prepara para entrar no mapa da doença, dizem especialistas ouvidos pelo Camaçarico. Rede de saúde, pública e particular no município, já vem sendo monitorada sobre  possíveis registros.


Proteção 4 Nesse mapa de cuidados, Salvador sai na frente e já anunciou o cancelamento das festas pelos 470 anos de aniversário de fundação da primeira capital do Brasil, no próximo dia 29. Outro grande evento que deve ser cancelado é a Micareta de Feira, marcada para 23 a 26 de abril. Município distante cerca de 100 quilômetros de Camaçari, registra os 3 casos de coronavírus confirmados no estado.


Proteção 5 A secretaria de Saúde do Estado (SESAB) ainda não se manifestou oficialmente. O secretário Fábio Vilas Boas disse nesta quinta-feira (12), durante entrevista a jornalistas, que a recomendação geral é evitar aglomerações e eventos de massa como medida para conter o avanço do Covid-19.


Proteção 6 Mais político que doutor, Vila Boas, que deveria ser incisivo, preferiu lavar as mãos e colocar máscara ao lembrar que a decisão de suspender grandes eventos é dos gestores e organizadores das festas. 


Proteção 7 Suspensão do festival de Arembepe parece ser a medida mais sensata e deve contar com o apoio de todos. Essa decisão precisa ser unânime e não pode permitir que adversários da política aproveitem, sob qualquer pretexto, para inocular o vírus do descompromisso com a saúde pública.


Proteção 8 O editor tentou manter contato com o secretário de saúde do município, Elias Natan, e com o prefeito Antonio Elinaldo, mas até o fechamento da Coluna não obteve nenhuma resposta.


Proteção 9 Manter a festa com suas consequências reais para a saúde da população vai muito além do mero risco político. Nada justifica manter o Festival de Arembepe. Preservar vidas é decisão maior que qualquer prejuízo econômico para o comércio e toda a cadeia produtiva da festa.


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)


12/ 3/2020

Mais Notícias

Camaçari retoma o sistema de transporte intermunicipal
Brasil tem 9 mil voluntários para testar a vacina da Covid-19
Camaçari registra apenas 4 casos de Covid-19 em 24 horas
O orçamento na pandemia –Parte2
Brasil deve gastar cerca de R$ 700 bilhões com a Covid-19
Estudo mostra que carga viral pode indicar maior risco de morte
Camaçari conta 4.445 casos com os 43 novos contaminados
Fortuna do dono do Facebook cresce com a pandemia
Segmento dos supermercados segue em crescimento
Justiça tira Fernando Gomes do comanda de Itabuna


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2020 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL