Busca:

  Notícia
 
Justiça nega pedido e Elinaldo segue réu em processo penal


O prefeito de Camaçari, Antonio Elinaldo (DEM) teve rejeitado seu pedido de  absolvição do processo por crimes de contravenção de jogo de azar, lavagem de dinheiro e de integrar organização criminosa. A ação de 2015, quando o demista era vereador do município, também acusa outros familiares do  prefeito pelos mesmos crimes.
Na decisão da juíza Bianca Gomes da Silva, da 2ª Vara da Criminal de Camaçari, datada de 2 de maio, o pedido é considerado  improcedente por  considerar que existem "provas da materialidade dos crimes". No pedido da defesa de Antonio Elinaldo é soliciatada a rejeição da denúncia, declaração de incompetência absoluta da 2ª Vara para julgar o processo, além da nulidade dos atos decisórios eabsolvição sumária dos acusados.
O  então vereador e foi acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de comandar um esquema criminoso. Elinaldo chegou a ser preso  durante a operação Caronte, no começo da tarde dia 10 de dezembro de 2015, durante  a realização da sessão da Câmara de Vereadores, mas foi solto por decisão da Justiça no começo da tarde do dia seguinte.

Mais Notícias

Professor brasileiro é o que mais sofre intimidação por aluno
Novos satelites ameaçam pesquisas e observações do espaço
Baiano Daniel Alves deixa o Paris Saint-Germain
Camaforró ultrapassa as 16 toneladas de alimentos arrecadados
São João da capital só acaba na noite desta segunda-feira
Amado Batista e Marcos e Belutti agitam último dia do Camaforró
Diálogos mostram articulação entre Moro, MPF e PF na Lava Jato
Prefeitura avança com reforma sem informar detalhes do projeto
Novas mensagens envolvem Moro e procuradores da Lava Jato
Barcelona impõe condições para aceitar Neymar de volta


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL