Busca:






Professsor Carlos Nascimento


Nossa atitude diante das eleições de Camaçari



Mais uma vez se aproximam as eleições municipais. Em Camaçari é um momento muito importante para debatermos as questões que mais incomodam os trabalhadores e a juventude do município. Vivemos um momento de muita dificuldade no país, com o agravamento da crise econômica, aumento do desemprego, crescimento da violência contra mulheres, negros e LGBTs. 


Em Camaçari não tem sido diferente. O desemprego na região metropolitana já chega a 23,4% da população economicamente ativa, segundo dados de maio do IBGE. E em Camaçari todas as grandes empresas receberam isenções fiscais sem a exigência da garantia dos empregos, e por isso estão demitindo para manter a sua taxa de lucro. 


Já sobre a violência, só no primeiro semestre de 2015 foram 123 homicídios na cidade, que atingem em sua maioria jovens negros, mulheres e LGBTs. 


Os problemas seguem na educação, com sucateamento das escolas, desvalorização dos professores e dos demais funcionários. Os governos do PT no município ficaram marcados pela intransigência e descaso nas negociações com os servidores, quando o prefeito se recusava a negociar, obrigando os trabalhadores a estenderem sua greve por mais de um mês. A prefeitura chegou ao ponto de nem mesmo cumprir os acordos firmados no fim das campanhas salariais. 


Faltam creches públicas para atender às mães que precisam trabalhar para sustentar suas famílias mas não têm onde deixar seus filhos.


Na saúde a população de Camaçari também vem sofrendo muito. O atendimento que já era insuficiente ficou ainda pior com o fechamento de UPAS como a da Gleba B, mesmo com protestos e manifestações dos moradores.


É importante destacar que por trás de governos como foram os do PT nos últimos anos, mas também os da direita que vieram antes, a luta da população de Camaçari tem sido mais difícil por causa da omissão da câmara de vereadores.


É inaceitável que os que deveriam representar o povo, os trabalhadores, a juventude, os setores oprimidos, aceitem cortes no ponto dos servidores, o fechamento das UPAs, entre outros ataques contra a população de Camaçari.


Por todos esses fatores, apresento minha pré candidatura a vereador em Camaçari. E me coloco à disposição para junto com meus colegas professores e professoras, junto com os servidores, os trabalhadores, desempregados, a juventude, os negros e negras e LGBTs, possamos construir um forte campo de esquerda, que possa impedir a retirada de direitos, mas que permita avançar na conquista de melhores condições de vida e trabalho em Camaçari.


Professor Carlos Nascimento carlos.jnascimento@hotmail.com é professor da rede municipal de educação e integrante do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) de Camaçari.


 
Últimas Publicações

No dia d@s professores não temos nada a comemorar! Em Camaçari, a educação não pode pagar pela crise
Nossa atitude diante das eleições de Camaçari
Conselhos Populares devem ser deliberativos
Professores de Camaçari dão lição de luta, mais uma vez


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL