Busca:






Douglas Rocha


Reunião na Granja do Torto



É, Lopes Silva, pelos meus cálculos, sábado (7 de março de 2015) foi à última reunião, se é que podemos chamar aquilo de reunião, a qual ocorreu na faustosa “Granja do Torto”. Para alguns foi anúncio de velório, para muitos foi velório anunciado mesmo, que se consumou quando Lulu proferiu a frase fática “não tem dinheiro”, e não ter grana, bufunfa, para fazer política é o fim da picada.

Muito mais que foi pronunciado em tom áspero e na presença de todos, em torno de trinta pessoas, na sua grande maioria familiar, e os outros eram alguns cobradores de Simões Filho e, outros famélicos, vítimas do gesto brusco e impensado do outrora todo poderoso ex-prefeito de Sucupira, atualmente amargando um desterro no Baixo Clero na Câmara dos Deputados, em Brasília, onde está esquecido e desprezado por ter semeado entre àqueles que sempre o ajudaram, a discórdia e a falta de caráter que lhe é peculiar. Faz-me lembrar do “Triste Fim do Policarpo Quaresma”.

É de bom alvitre lembrar, também, da sua fala no referido velório: “Eu não posso vir para o município e ficar boiando sem ter para onde ir, arrumem as reuniões, promovam cafés”. Pobre diabo, não tem mais nem argumentos para enfrentar o seu rival, pois durante dez longos anos a frente do município, oito como prefeito e dois anos como mandatário absoluto, só fez dilapidar o erário público, em seu benefício e de seus familiares.

O PT estadual lhe fechou as portas; estabelecendo que em municípios com mais de cinquenta mil habitantes quem escolhe o candidato a prefeito é o Diretório Estadual; e idem o Estado, foram dez anos, promovendo o não desenvolvimento do município, quer seja nas áreas de Educação, Saúde e benefícios sociais, sem que o governo estadual pudesse intervir, mesmo querendo.

Uma prova disso foi quanto ao ensino universitário, ao assumir o poder da comuna em 2005, aqui encontrou uma Universidade Privada em funcionamento, a FAMEC que perdura até os dias de hoje, esta oriunda da abertura do ensino superior no Estado da Bahia do qual foi percussor o ex-senador Waldeck Ornelas e, apesar de ter desapropriado a área para instalar o Polo Universitário, vide, Decreto nº 4635 de 26 de maio de 2008, publicado no Diário Oficial do Município nº 256, de 24 a 30 de maio de 2008, pag. 02, preferiu, continuar com o sistema arcaico do seu antecessor Helder Almeida, dele herdando os ônibus do famigerado transporte universitário, autorizado pela Lei Municipal n.º 443/1999, Lei esta totalmente inconstitucional e, portanto, ilegal, em detrimento do desenvolvimento cultural e social do povo de Camaçari.

Hoje é ao todo mais de três mil estudantes universitários que se deslocam para Salvador e Lauro de Freitas em busca do ensino superior, com um custo mensal de R$ 1.050.000,00 (UM MILHÃO E CINQUENTA MIL REAIS) p/mês para os cofres públicos, dinheiro esse que daria para solucionar o impasse do piso salarial dos professores do município, hoje em estado de greve, mas, que traria prejuízos para o dito cujo em razão de ser obviamente o transportador (Lis Transportes e Turismo Ltda.), com isso, também, teria que trair o pacto firmado com os verdadeiros donos da FAMEC para não trazer novas universidades para Camaçari, ou seja, uma faca de dois legumes, como diz o tabaréu.

Depois de tudo isto só lhe resta uma única alternativa que é o combate intenso contra o atual Prefeito de forma a causar um estrago enorme, tornando-o inapto para às próximas eleições que se avizinham. E aqui fica a pergunta, quem é que vai botar o guizo no faro fino? Se as detentoras do Capital dizem: “Não tem dinheiro”.

Douglas Rocha douglasrochadouglas@yahoo.com.br é bacharelando de Direito, ex-Funcionário da Petrobrás e do Polo Petroquímico de Camaçari. Militante Político desde 1987, foi presidente do PPS de Camaçari e um dos responsáveis pela mobilização que garantiu a realização de 3 revisões eleitorais no município

 
Últimas Publicações

Reunião na Granja do Torto


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL