Busca:

  Notícia
 
Propaganda eleitoral começa dia 26 e Lula terá o maior tempo


Com tempo de 3 minutos e 16 segundos, Lula terá 36 segundos a mais que Bolsonaro

O ex-presidente e candidato do PT ao Palácio do Planalto, Lula da Silva, terá o maior número de partidos  e  o  maior tempo de propaganda na TV e no Rádio. São 8 siglas contra 3  do presidente Jair Bolsonaro (PL). 


A propaganda eleitoral gratuita na TV e no rádio para primeiro turno começa no dia 26 de agosto  e vão até 29 de setembro, três dias antes das eleições, que acontecem no domingo, dia 2 de outubro de 2022. Cada bloco de propaganda para os presidenciaveis terá 12 minutos e 30 segundos.


Lula tem o apoio do PSB, Solidariedade, PSOL, Rede, Avante, PCdoB e PV. Lista pode aumentar com o apoio do Pros, que elegeu 8 deputados federais e um senador em 2018. Juntas, as legendas elegeram 130 deputados federais, 12 senadores e 8 governadores em 2018. O ex-presidente também terá  palanques de candidatos do MDB, do PSD e do PDT, principalmente no Nordeste. O tempo  de propaganda será de 3 minutos e 16 segundos.


Já Bolsonaro conseguiu atrair o segundo maior grupo de siglas. Além do próprio partido ao qual está filiado, o Progressistas e Republicanos também vão apoiar a tentativa de reeleição de Bolsonaro. Em 2018, os partidos elegeram 101 deputados federais, sete senadores e um governador. Bolsonaro terá 2 minutos e 40 segundos. 


A candidatura de Simone Tebet tem apoio de três partidos e pode chegar a quatro. Além do MDB da própria senadora, do PSDB e do Cidadania, nesta sexta-feira, o Podemos anunciou que aderiu à chapa de Tebet. Os quatro partidos elegeram 82 deputados federais, seis governadores e 11 senadores. A senadora terá 2 minutos e 16 segundos.


A senadora  Soraya Thronicke (MS), do União Brasil, resultado da fusão entre PSL e DEM, elegeu 81 deputados federais, cinco governadores e oito senadores em 2018, terá 2 minutos e 7 segundos.


Já  o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, que está em terceiro lugar nas pesquisas, só tem o PDT. O partido elegeu 28 deputados federais, dois senadores e um governador em 2018, colocando o cearense em quinto lugar no ranking das alianças partidárias. Ciro terá 50 segundos.


Depois de Ciro aparecem o PTB de Roberto Jefferson, que elegeu 10 deputados federais em 2018 e terá 20 segundos. O Novo de Luiz Felipe d’Avila, que elegeu 8 deputados e terá 19 segundos. A Democracia Cristã, de Eymael, que elegeu um deputado, terá 8,3 segundos. Já o PSTU de Vera Lúcia; o PCB de Sofia Manzano; e o Unidade Popular de Leonardo Péricles, que não elegeu nenhum deputado, já que foi oficializado apenas no final de 2019, terá cada um 6,8 segundos.


A bancada na Câmara é o principal critério para a divisão do tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão, o que significa que Lula terá mais exposição midiática que seus concorrentes.


Horários no Rádio


Nas emissoras de rádio, as propagandas serão exibidas de segunda a sábado, sendo veiculadas em dois blocos: das 7h às 7h25, e das 12h às 12h25. Nas segundas, quartas e sextas serão transmitidos os programas para os cargos de senador, governador e deputado estadual. Nas terças, quintas e sábados vão ao ar as campanhas para presidente da República e deputado federal.


Horários na TV


Na televisão, o programa também acontece de segunda a sábado, começando sempre às 13h e às 20h30, mas com diferentes durações. Nas terças, quintas e sábados, o programa é mais longo, exibindo peças de deputados federais e candidatos a presidente da República, das 13h às 13h25 e das 20h30 às 20h55. Nas segundas, quartas e sextas vão ao ar os programas de senador, governador e deputado estadual. Nestes dias, a propaganda é menor, sendo exibidas das 13h às 13h25, e das 20h30 às 20h45

Mais Notícias

Antibiótico ao autoritarismo
O baiano Herbert Conceição estreia no box profissional
Bahia segue líder na taxa de desemprego no Brasil
Patrimônio dos presidenciáveis ultrapassa os R$ 57 milhões
Patrimônio dos presidenciáveis ultrapassa os R$ 57 milhões
Brasil deve registrar em 2022 uma safra agrícola recorde
Quase metade dos brasileiros fazem bico para complementar a renda
Entidades defendem a democracia e protestam contra retrocesso
Aumenta o números de membros da Polícia na disputa de outubro
Rosa Weber preside o Supremo até outubro de 2023


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2022 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL