Busca:







Um deleizinho de atraso



Está enganado quem pensa que o governador Jaques Wagner não observa e cobra presença dos aliados. Que o diga o prefeito de Camaçari. Durante o lançamento do Guia de Atração de Investimentos do Complexo Industrial de Camaçari, em outubro de 2009, Luiz Caetano, que deveria fazer parte da mesa, chega atrasado.
 
Já no final do seu discurso, encerrando a solenidade, como dita o cerimonial, Wagner avista o companheiro, que acabara de chegar à sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia. De forma carinhosa, cita o prefeito e lembra que ele chegou com “um deleizinho de atraso”. A expressão televisiva, que define falta de sintonia entre som e imagem, foi a forma encontrada pelo governador para aplicar uma 'radiaçãozinha' no correligionário e amigo.


Últimas Publicações

Sintonia e Emoção
O jogo, o drible e o gol
O biribiri e o radialista
O ofício e o atestado
Cardápio banido
A fórmula e a descoloração
A profecia do B
Veadinhos, não. São alces
Pagamento em dobro
Um deleizinho de atraso


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL