Busca:

  Notícia
 
Justiça manda petroleiros liberarem acesso à Rlam


O bloqueio da entrada da refinaria Landulpho Alves (Rlam),  feito pelo Sindicato dos Petroleiros do Estado da Bahia ,  terá de ser suspensa por decisão da Justiça.  O movimento que protesta contra a venda da refinaria , impede desfe fevereiro a enrrada de veículos e  pessoas. Na decisão, o juiz pede o apoio da PM para assegurar  o cumprimento da sua medida. A Rlam foi vendida para o Fundo Mubadala por US$ 1,65 bilhão.


De acordo com a decisão, em em tutela de urgência, o juiz destaca que a requerente Petrobras, alega que o sindicato, desde o mês de fevereiro, ignora a pandemia e as determinações de distanciamento social, e vem promovendo aglomerações na porta da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), em São Francisco do Conde.


O juiz ainda estabeleceu multa diária de R$ 100 mil, de modo a assegurar o cumprimento da decisão proferida no processo. Também determinou o imediato bloqueio do primeiro valor fixado R$ 10 mil, caso a conduta do sindicato persista nas 24 horas seguintes após a decisão. Caso o sindicato descumpra a decisão, está prevista configuração de crime de desobediência.

Mais Notícias

STF anula julgamento e torna Lula apto a disputar eleição de 2022
Seis por meia dúzia
Camaçari registra 16 óbitos e 67 novos casos de Covid em 24h
Pandemia restringe a entrada de brasileiros a apenas 8 países
Estudo diz que Brasil descuidou e virou epicentro da Covid
Bahia registra queda na atividade turística em fevereiro
Deserdados, Órfãos da Terra
Prazo para pagar IPTU com desconto termina terça-feira
TCU livra Lula e Dilma e condena Gabrielli por compra de refinaria
Camaçari registra 6 óbitos e 95 novos casos de Covid em 24h


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2021 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL