Busca:

  Notícia
 
O novo normal


Adelmo Borges é dirigente do Rede Sustentabilidade de Camaçari

Cuidando do jardim me aproximei de uma muda, recém plantada que ainda buscava firmar suas raízes em um novo solo e lhe perguntei: como andas, já se aclimatou ao novo espaço? Ela (a muda) respondeu que era uma questão de tempo. Suas raízes começam a absorver os nutrientes, seu caule e as folhas ainda se nutrindo da reserva de energia, mas a natureza se comporta assim, a paciência e a persistência devem obter resultados e no espaço de tempo estarei produzindo flores e sementes.


Satisfeita com a atenção que lhe dediquei, ela (a muda) pergunta: e vocês humanos como estão convivendo com a pandemia da Covid-19 e quais as perspectiva para o futura, já que começam a flexibilizar o distanciamento social e a ciências já anunciam remédios e vacinas para combate ao vírus? Estamos motivados e esperançosos embora com precauções, respondi. A roseira aqui ao lado, que é bem informada falou que os hábitos humanos devem ser bem diferentes passada a pandemia.


O mundo capitalista deve rever seus modelos principalmente em relação aos trabalhadores, principais geradores de renda e consumidores de alimentos, tecnologias e bens duráveis. Os governantes devem estabelecer nova pauta de prioridades contemplando a educação, saúde, pesquisa científica e preservação do meio ambiente. As pessoas, individualmente, devem prescrever novos hábitos de cuidados com o corpo em relação a nutrição, higiene e convívio social, concluiu ela (a muda).


A roseira ao lado interviu e perguntou como anda a política.  No mundo buscam retomar as atividades econômicas, uma vez que os Estados Unidos da América apresenta uma queda no PIB de aproximadamente 23%, nos países europeu média de 31% (com destaque na Espanha e a Itália que apresentam uma queda de 43% e 38% respectivamente), os países africanos 28% e a na América Latina em torno de 20%. Insistindo-a (a roseira) indaga sob as condições no Brasil e em especificamente em Camaçari.


No Brasil a questão socioeconômica e política é preocupante. Além do despreparo para o enfrentamento da pandemia, o governo federal não lidera as ações divergindo com estados e municípios em relação a estratégia a ser estabelecidas, além de não dispor de uma equipe coesa sobre as questões sociais e econômicas. No período de quatro meses já ocorreram duas demissões no comando ministério da saúde, uma no ministério da justiça e segurança e da educação.


Apenas 22% dos recursos destinados ao combate a pandemia foram efetivamente aplicados e a ANVISA, órgão que deveria gerir as ações de orientação ás pesquisas e liberação do uso de medicamentos, não tem cumprido seu papel com eficiência. Por outra razão a politica de confronto entre os poderes da república capitaneada pelo poder executivo tem dificultado os entendimentos, tanto para o atendimento às família mais vulneráveis como para financiamento as empresas atingidas fortemente pela pandemia.


Camaçari se mobiliza para um processo eleitoral em novembro. As ações de enfrentamento da pandemia se confundem com as ações de fortalecimento eleitoral do atual governo. O entendimento entre o governo do estado e o governo da capital influencia os movimentos do governo local e as orientações se assemelham e apresentam resultados que amenizam a disseminação do vírus.


Até então as pesquisas de opinião indicam uma situação confortável para a recondução do atual prefeito que dispõe das manchetes em mídia diariamente. Enquanto a oposição, com candidatos desconhecidos da maioria da população, encontra dificuldades para realizar eventos, tanto pelas restrições à aglomeração de pessoas como pela preocupação individual do público, reduzindo suas atividades às live eletrônica e às redes sociais, com baixa participação popular.


É...vivemos no mundo e aprendemos com ele, concluiu a roseira. Se cuide.


Adelmo Borges adelmobs@terra.com.br é dirigente do Rede Sustentabilidade de Camaçari


Opiniões e conceitos expressos nos artigos são de responsabilidade do autor

Mais Notícias

Camaçari retoma o sistema de transporte intermunicipal
Brasil tem 9 mil voluntários para testar a vacina da Covid-19
Camaçari registra apenas 4 casos de Covid-19 em 24 horas
O orçamento na pandemia –Parte2
Brasil deve gastar cerca de R$ 700 bilhões com a Covid-19
Estudo mostra que carga viral pode indicar maior risco de morte
Camaçari conta 4.445 casos com os 43 novos contaminados
Fortuna do dono do Facebook cresce com a pandemia
Segmento dos supermercados segue em crescimento
Justiça tira Fernando Gomes do comanda de Itabuna


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2020 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL