Busca:

  Notícia
 
Artistas populares vão receber auxilio de R$ 600


Profissionais da área cultural e os espaços que organizam manifestações artísticas terão direito a um axílio de R$ 600 do Governo Federal. O projeto de lei, aprovado pelo Congresso, foi sancionado pelo presidente Bolsonaro e prevê a destinação de R$ 3 bilhões para o setor cultural.


Publicada no "Diário Oficial da União" na madrugada desta terça-feira (30), a lei que ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao compositor e escritor que morreu em maio, vítima do coronavírus, define ainda que caberá à União repassar, em parcela única, os R$ 3 bilhões a estados e municípios.


Os artistas vão poder usar o dinheiro "como subsídio mensal para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições organizações culturais comunitárias". Também vão poder usar o dinheiro para editais; chamadas públicas; prêmios; aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural.


Também vai poder usar o recurso  com instrumentos destinados à manutenção de agentes, de espaços, de iniciativas, de cursos, de produções, de desenvolvimento de atividades de economia criativa e de economia solidária, de produções audiovisuais, de manifestações culturais. A Lei permite ainda o uso do recurso  com a realização de atividades artísticas e culturais que possam ser transmitidas pela internet ou disponibilizadas por meio de redes sociais e outras plataformas digitais.


O projeto prevê ainda que bancos federais poderão disponibilizar linhas de crédito e condições para renegociação de débitos a trabalhadores do setor cultural ou a micro e pequenas empresas. Também prorroga por um ano o prazo para aplicação de recursos em projetos culturais já aprovados e estabelecidos em algumas leis, como o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), o Plano Nacional de Cultura (PNC) e o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). G1

Mais Notícias

Camaçari registra 308 novos casos de Covid-19 em 48 horas
Camaçarico 15 de julho 2020
TSE quer suspender identificação digital nas eleições
Governo estuda imposto sobre compras no comércio eletrônico
Metade das vítimas de violência contra LGBT são negros
Supremo concede prisão domiciliar para Geddel
Camaçari registra aumento recorde com 179 casos em 24 horas
Quadro biográfico dos colonizadores de Camaçari
Sefaz facilita emissão de documentos durante a pandemia
Venda de cimento em junho cresce 24% em relação a 2019


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2020 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL