Busca:

  Notícia
 
Wagner, Otto e Coronel ignoram pedido de luto por João Gilberto


O pedido de decretação pelo Senado do luto oficial de três dias pela morte do cantor e compositor João Gilberto, não foi solicitado por nenhum dos 3 senadores baianos.  Solicitação que poderia ter sido feita por Jaques Wagner (PT) ou pelos pedessistas Otto Alrncar e Angelo Coronel, representanets da bancada  baiana no Senado, foi  encaminhado  à presidência do Senado pelo representante do Amapá, Randolfe Rodrigues (Rede). 


A decretação  de luto oficial  não foi feita pelo presidente Bolsonaro, que considerou ocriador do estilo musical mundialmente conhecido como Bossa Nova, falecido no último sábado, como uma “pessoa conhecida”, rejeitando a decretação de luto oficial no país por sua morte.


 Randolfe, que é líder da minoria no Senado, citou a Lei dos Símbolos Nacionais, que permite a decretação do luto oficial, e pediu que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), hasteasse a bandeira no Legislativo a meio pau durante três dias. O pedido foi submetido a votação e resultou também na decretação do luto oficial pela morte de João Gilberto.

Mais Notícias

Justiça manda suspender obras e vendas do Luar de Arembepe
Economista ligado ao agronegócio vai comandar o Incra
General fala em risco de ´convulsão social` antes de julgamento
Mais de 22 toneladas de óleo já foram retiradas de Salvador
STF começa a julgar se mantém ou acaba prisão em 2ª instância
Desigualdade aumenta no Brasil, diz estudo do IBGE
Obrigada por serem os melhores
SSP investiga atentado contra o deputado Soldado Prisco
Justiça manda interditar sedes das associações de PMs
Marcelo Odebrecht dá aula sobre boas práticas empresariais


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL