Busca:

  Notícia
 
Construção de anexo do TJ-BA fica mais cara e sobe para R$ 68 mi

A obra do prédio anexo do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) vai custar ao menos R$ 68,7 milhões. A construção do prédio, teve seu custo elevado em 17,73% do orçamento, um aumento equivalente a R$ 10,3 milhões em relação aos R$ 58,4 milhões. Ampliação  será destinada as unidades administrativas da Corte. Inicialmente o valor orçado era de R$ 53 milhões.


A Construtora Andrade Mendonça arrematou a licitação com uma proposta de construção do imóvel por R$ 58,4 milhões, apesar da constrotura MDP ter apresentado um valor inferior, de R$ 50,5 milhões. A licitação realizada no ano passado previa o orçamento máximo de R$ 60,2 milhões. Um aditamento contratual publicado nesta sexta-feira (14), contudo, prevê elevação desse valor para R$ 68,7 milhões.  


O edital da licitação previa um gasto de até R$ 60 milhões. O aditamento é diante do acréscimo de serviços na obra. De acordo com o TJ-BA, “no transcorrer de execução de obras, é comum haver a necessidade de ajustes e adequações para melhor atender ao projeto final”. A Corte baiana ainda diz que o reajuste de 17,73% está “dentro do parâmetro legal”, como previsto na Lei 9.433/05, que dispõe sobre licitações de obras públicas. 


O artigo 144 do referido dispositivo aponta: “O reajustamento dos preços contratuais, previsto nesta Lei, deverá retratar a variação efetiva do custo de produção, optando a Administração pela adoção dos índices específicos ou setoriais mais adequados à natureza da obra, compra ou serviço, sempre que existentes”. O limite na Lei de Licitações para aditamentos e reajustes nos contratos é de 25%. 


O contrato da Andrade Mendonça foi homologado em outubro de 2018. A obra foi iniciada no dia 22 de outubro. O prazo previsto para entrega do prédio anexo está prevista para julho deste ano, mas a expectativa é que a inauguração aconteça no dia  11 de agosto, Dia da Magistratura. Com informações do site Bahia Notícias

Mais Notícias

Deputado critica Rui por mais mudanças na Previdência estadual
Novas mensagens mostram que Moro interferiu nas negociações
Liberação do saque do FGTS pode elevar PIB de 2019 para 1%
Faculdade particular vai poder revalidar diploma de médico
Amazon é investigada por usar informação de clientes
Brasil relembra tetracampeonato e retorno no voo da muamba
Nadadora baiana é a maior medalhista de maratona do mundo
Governo tenta reanimar economia com saque de até 35% do FGTS
Ministério Público começa a investigar Dallagnol e Pozzobon
Começa segunda-feira o cadastro para o transporte universitário


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL