Busca:

  Notícia
 
Greve geral fecha a Via Parafuso e acessos ao polo industrial

Site Nossa Metropole

Parte das vias de acesso ao pólo industrial de Camaçari amanheceram bloqueadas pelos manifestantes como parte da greve nacional  desta  sexta-feira (14), contra os cortes do governo na educação e contra a reforma da Previdência. 


Manifestação liderada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e dirigentes  dos  sindicato dos trabalhadores da indústria química, petroquímica, plástica e farmacêutica (Sindiquímica) também  interromperam o tráfego na via Parafuso, trecho de acesso à fábrica da montadora de carros Ford.


A greve também afetou o sistema de trasnportes urbanos em Camaçari.  O dia começou sem ônibus com a decisão dos  rodoviários de aderiorem a greve geral. Mobilidade da população está sendo feito por vans clandestinas e o sistema por veículos particilares conhecido como ligeirinho. 


A greve  também parou  a capital que amanheceu sem ônibus. Segundo o Sindicato dos Rodoviários do Estado da Bahia, nenhum dos cerca de 2,7 mil veículos da frota regular está circulando nas ruas.  Já o metrô  esta operando normalmente  com 5 trens circulando na Linha 1 e 9 trens na Linha 2. Os 4 ônibus que fazem  o trnsbordo entre o metro e o aeroporto também estão funcionando. 

Mais Notícias

Justiça manda suspender obras e vendas do Luar de Arembepe
Economista ligado ao agronegócio vai comandar o Incra
General fala em risco de ´convulsão social` antes de julgamento
Mais de 22 toneladas de óleo já foram retiradas de Salvador
STF começa a julgar se mantém ou acaba prisão em 2ª instância
Desigualdade aumenta no Brasil, diz estudo do IBGE
Obrigada por serem os melhores
SSP investiga atentado contra o deputado Soldado Prisco
Justiça manda interditar sedes das associações de PMs
Marcelo Odebrecht dá aula sobre boas práticas empresariais


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL