Busca:

  Notícia
 
Acordo pode acabar greve dos professores da universidades


A greve das universidades estaduais da Bahia, iniciada dia 9 de abril, pode acabar até o final desta semana. A previsão é de que com o acordo acordo assinado entre o Fórum das Associação dos Docentes das Universidades Estaduais (Fórum das ADs – UNEB, UEFS e UESB e a Secretaria de Relações Institucionais e a Secretaria da Educação o movimento seja suspenso. 


Pelo acordo, o governo do estado  enviará Projeto de Lei para a AL-BA com proposta de reestruturação do quadro de vagas da carreira de professor, o que permitirá até 900 promoções. Também foi assinado um documento  que assegura R$ 36 milhões para que as quatro universidades apliquem em investimentos.


Também ficou acertado  o pagamento dos salários dos professores, mediante reposição das aulas. O plano de reposição deverá ser submetido à Reitoria da Instituição de Ensino e à Secretaria da Administração do Estado (SAEB). O estado garantirá o pagamento integral do salário do mês de junho de 2019. Após a execução do plano de reposição das aulas, será pago o mês de maio junto com o mês de julho. Já os dias de greve do mês de abril serão quitados em agosto, mediante execução do plano de reposição de aulas.


Ficou determinado também que, até 72 horas após o encerramento da greve, será instalada uma nova mesa para negociação de outros pontos colocados pelas ADs. Isso envolverá outras secretarias de Estado, como a da Fazenda (SEFAZ) e Administração (SAEB).

Mais Notícias

Professor brasileiro é o que mais sofre intimidação por aluno
Novos satelites ameaçam pesquisas e observações do espaço
Baiano Daniel Alves deixa o Paris Saint-Germain
Camaforró ultrapassa as 16 toneladas de alimentos arrecadados
São João da capital só acaba na noite desta segunda-feira
Amado Batista e Marcos e Belutti agitam último dia do Camaforró
Diálogos mostram articulação entre Moro, MPF e PF na Lava Jato
Prefeitura avança com reforma sem informar detalhes do projeto
Novas mensagens envolvem Moro e procuradores da Lava Jato
Barcelona impõe condições para aceitar Neymar de volta


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL