Busca:

  Notícia
 
TJ-BA rejeita recurso e Sena pode começar a cumprir pena


Almiro Sena é promotor e foi secretário de justiça no governo Wagner

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ) negou, por unanimidade, os embargos de declaração apresentados pela defesa do promotor Almiro Sena, condenado a 4 anos e 5 meses de prisão em regime semiaberto por assédio sexual. A decisão inviabiliza a tentativa de reverter o cumprimento imediato da pena aplicada pela corte de segunda instância, por meio de recurso especial ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou ao Supremo Tribunal Federal (STF).


Almiro Sena  denunciado por pratica de assédio sexual contra servidoras da secretaria de justiça em 2015. A repercussão do caso  foi nacional e  saiu até matpéria no Fantástico. O promotor já foi preso em regime domiciliar, mas conseguiu um habeas corpus e respondeu ao processo em liberdade. Sena ficou à frente da pasta de janeiro de 2011 até janeiro de 2014.

Mais Notícias

Aumentou o número dos que tiraram Zero em redação no Enem
Bolsonaro demite secretário que lembrou o nazismo
Regina Duarte é convidada para a secretaria de cultura
Ministério da Educação divulga notas do Enem-2019
Geddel entra com pedido de semiaberto para só dormir na prisão
Bolsonaro é o campeão na agressão à imprensa, diz Fenaj
Final de semana de festa em Monte Gordo e Abrantes
Multidão participa da procissão e da lavagem do Bonfim
Judiciário reclama do juiz de garantia e presidente do STF recua
Indústria de transformação brasileira encolhe entre 2015 e 2018


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2020 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL