Busca:

  Notícia
 
MP quer que Zé de Elísio e ex-assessor devolvam R$ 41 mil


Elísio presidiu o Legislativo de Camaçari no biênio 2011/2012

O Ministério Público Estadual (MPE) ajuizou ação civil pública contra o ex-presidente da Câmara Municipal de Camaçari, Zé de Elísio, por ter mantido o advogado Carlos Eduardo Pessoa Oliveira Malheiros como subprocurador-chefe do Legislativo do Município. Na ação impetrada  na Vara da Fazenda Pública, que também acionou o proprio Malheiros  por não comparecer  ao trabalho, o MPE também pede que o ex-presidente do Legislativo no biênio 2011/2012, e o advogado  devolvam aos cofres públicos pouco mais de R$ 41 mil.


Segundo o promotor de Justiça Everardo José Yunes, autor da ação, Malheiros cumpria uma jornada de trabalho de 4 horas a cada dia de trabalho, “sendo que comparecia à Câmara, quando solicitado pelo ex-presidente, em média, apenas duas vezes por semana, totalizando 4 horas semanais”.  


Ainda segundo a denúncia, datada desta terça-feira (15), além de não comparecer ao expediente, Malheiros  ocupou indevidamente cargo privativo da advocacia, pois conforme atestado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a sua inscrição só ocorreu em 29 de dezembro de 2011, ou seja, “quase cinco meses após a data da sua nomeação como subprocurador chefe na Câmara de Vereadores de Camaçari”.


O MP requer liminarmente que seja  bloqueado os bens  de Zé de Elísio e de Carlos Eduardo  Malheiroso e o ressarcimento dos recursos públicos gastos de forma irregular com os  6 meses de salários mensais de pouco mais de R$  R$ 4.5 mil. Pelas contas do MPE, a atualização do valor recebido indevidamente chega a  mais de R$ 41 mil. Com informações do site do MPE

Mais Notícias

Ministro do STF diz que inquérito sobre fake news é 'natimorto'
Cerca de 20% da população adulta de Camaçari é hipertensa
Concurso para o projeto 'Morro da Manteiga' inscreve até junho
Polícia apreende papagaio por ser 'informante' do tráfico
Brasil fecha 43 mil postos de trabalho com carteira em março
Governo Bolsonaro é considerado entre 'ótimo' e 'regular' por 61%
TSE nega pedido e mantém Caetano sem mandato de deputado
STJ reduz pena de Lula que pode ir para o semiaberto em setembro
Últimas cartadas
Ex-ministra diz que situação do Judiciário Baiano é 'preocupante'


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL