Busca:

  Notícia
 
Queda de serviço deixa sem conexão redes sociais


Essa é a segunda queda em um mês nos serviços da empresa de Mark Zuckerberg

O Facebook, Instagram e WhatsApp,  redes sociais da empresa de Mark Zuckerberg, voltaram a sofrer uma queda no serviço, a segunda em um mês e a quarta do ano. As falhas no serviço foram registradas a partir das 8h (horário de Brasília), sem que a empresa tenha informado sobre as causas. O Twitter e o Telegram se transformaram novamente nas redes alternativas tanto para mensagens como para envio de reclamações.


A falha nos serviços ocorre em plena comemoração do Domingo de Ramos e quando muitas irmandades utilizam as redes sociais para informar sobre a evolução e itinerário das procissões, da mesma forma que milhares de usuários recorrem aos aplicativos de mensagens para se encontrar e se localizar.


O problema foi registrado pouco antes das 8h. O Instagram sofreu as quedas nas conexões por celular e o Facebook, principalmente, através de seu site.


Os erros foram detectados pelos usuários enquanto os responsáveis pelas redes não deram explicações a respeito e mantinham suas páginas com informações relativas a novas nomeações e a luta para melhorar os conteúdos das conversas.


Na falha anterior, registrada em 13 de março, o Facebook informou um dia depois do incidente que a queda não estava relacionada a um ciberataque do tipo “DDoS”, “ataque de denegação de serviço”, que acontece quando os servidores ficam lotados por uma avalanche ingovernável de demanda de conexões. A rede com 2,3 bilhões de usuários ativos teve uma queda notável em novembro, atribuída a um “problema do servidor”, e outra em setembro, dessa vez por “problemas de rede”.


Após a maior queda dos serviços do Facebook, Instagram e WhatsApp no mês passado, a investigação penal aberta nos Estados Unidos pela gestão de dados e as mudanças na política da empresa de Mark Zuckerberg, este anunciou em um comunicado aos seus funcionários a demissão de dois de seus principais e históricos diretores: Chris Cox, chefe de produtos, e Chris Daniels, responsável de negócios do WhatsApp. El País

Mais Notícias

Ministro do STF diz que inquérito sobre fake news é 'natimorto'
Cerca de 20% da população adulta de Camaçari é hipertensa
Concurso para o projeto 'Morro da Manteiga' inscreve até junho
Polícia apreende papagaio por ser 'informante' do tráfico
Brasil fecha 43 mil postos de trabalho com carteira em março
Governo Bolsonaro é considerado entre 'ótimo' e 'regular' por 61%
TSE nega pedido e mantém Caetano sem mandato de deputado
STJ reduz pena de Lula que pode ir para o semiaberto em setembro
Últimas cartadas
Ex-ministra diz que situação do Judiciário Baiano é 'preocupante'


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL