Busca:

  Notícia
 
Anderson Silva perde luta e se afasta do cinturão


Anderson Silva voltou ao octógono em um encontro de gerações e foi superado por aquele que muitos apontam como o seu "clone". Na madrugada deste domingo (10), o brasileiro foi derrotado por decisão unânime pelo nigeriano Israel Adesanya em duelo do peso médio na luta principal do UFC 234, em Melbourne, na Austrália. Foi a primeira luta do "Spider" após dois anos afastado do Ultimate.


O combate desta madrugada opôs dois lutadores de mesmo estilo. Anderson Silva, aos 43 anos, teve à frente Israel Adesanya, de 29. O nigeriano vinha de uma sequência de 15 vitórias consecutivas no Ultimate e manteve a invencibilidade diante de seu ídolo. O encontro se tornou a principal luta do evento após a desistência de Robert Whittaker, que enfrentaria Kevin Gastelum pelo título dos médios.


A luta em Melbourne marcou o retorno de Anderson ao UFC após dois anos. A última exibição do brasileiro havia sito em fevereiro de 2017, quando venceu Derek Brunson por decisão unânime. Depois disso, ele testou positivo para testosterona sintética (metiltestosterona) e diurético e agente mascarante (hidroclorotiazida) e ficou suspenso de novembro de 2017 a novembro de 2018.


Com o resultado, Silva se afasta da expectativa de ter uma nova chance de disputar o cinturão da categoria. O ex-campeão declarou antes da luta que Dana White, presidente do UFC, garantiu uma oportunidade para disputar o título em caso de vitória sobre Adesanya. Folha  de São Paulo

Mais Notícias

Padrasto de Eva deve responder por mais de 10 crimes
Maioria dos brasileiros vai curtir o carnaval sem deixar o celular
Reforma da Previdência corta até vantagens de deputados
MP aciona Téo, Marcelino e Oziel por gasto excessivo de combustível
Camaçarico 22 fevereiro 2019
Pesquisa mostra Rui e ACM Neto com boa aprovação pelo eleitor
MP aciona médico do HGC por descumprir jornada de trabalho
PSDB alega falta de código de ética e perdoa Aécio e Azeredo
Reforma da Previdência vai afetar a renda dos mais ricos
Autoridades policiais confirmam 176 mortes em Brumadinho


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL