Busca:

  Notícia
 
Inema questiona licença da prefeitura para condomínio em Camaçari


O Luar de Arembepe ocupa uma área de94 mil metros quadrados a cerca de 300 metros da praia

O  empreendimento Luar de Arembepe  não está de acordo com a legislação ambiental. É que  que mostra  relatório do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) que confirmou as denúncias de irregularidades de cunho ambiental e fragilidades no processo de liberação da licença da obra já que a área é comprovadamente de Preservação Ambiental. Ainda segundo o documento do Inema, o empreendimento não solicitou ao órgão responsável a licença necessária para o manejo de águas.


Obra  foi liberada pela prefeitura de Camaçari após a assinatura de um  Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado entre a gestão municipal e a empresa JMJ Empreendimentos Imobiliários LTDA. De acordo com o relatório, o TAC firmado descumpre a legislação ambiental do Brasil e da Bahia, que proíbe iniciativa desse porte em Área de Preservação Permanente (APP).


Segundo o deputado estadual Bira Coroa (PT),  um dos  denunciantes, a obra vai causar  haverá danos ambientais. Biólogo por formação, Coroa se mostra preocupado. “O que teremos em toda a região é um desastroso desequilíbrio ambiental, resultado de ações que já estão em curso como supressão de vegetação, aterramento de lagoas, manejo de dunas e desvio do curso das águas e todo o conjunto de lagoas daquela região”.


Lançado  em meados de 2018, o Luar de Arembepe, segundo publicidade da própria  empresa responsável pelo empreendimento, está localizado num terreno de 94 mil metros quadrados a cerca de 300 metros da praia. São cerca de 200 lotes com 160 metros quadrados e doatdos de total estrutura de lazer e segurança. Quando foi lançado,  cada unidade  estava sendo comercializada a  cerca de R$ 145 mil.

Mais Notícias

Quem liga para o sofrimento dos animais
Desmatamento impulsiona queimadas na região Amazônica
Governo Bolsonaro quer privatizar estatais até o final do ano
Deltan queria construir monumento em homenagem à Lava Jato
Fase 63 da Lava Jato prende cunhado de Marcelo Odebrecht
Camaçarico 20 de agosto de 2019
Bahia registra 845 acidentes com ciclistas nos últimos 2 anos
Candidato a procurador da República critica a democracia
Processos trabalhistas à espera de julgamento é o menor em 10 anos
Líderes de metade dos partidos rejeitam novo imposto


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL