Busca:

  Notícia
 
Governador Rui Costa quer ajudar o governo Bolsonaro


O governador Rui Costa (PT) não considera que o Brasil viva no estado de  exceção. Em entrevista a Glogo News, na manhã desta segunda-feira (14), o petista mostrou  discordânccia de seu partido que considera a situação política do Brasil longe do ideal da democracia. Rui Costa também defendeu a “autonomia” da Venezuela, onde o presidente Nicolás Maduro é considerado um ditador. 


 “Não acho que o país vive estado de exceção, embora estamos vendo pessoas serem condenadas sem base de provas. Lula é um dos. [Mas isso] não significa que estamos em estado de exceção. Não questiono a eleição brasileira. Quem ganhou tem que governar”.  O governador lembra que  sua missão constitucional é  ajudar  o estado e o país e se colocou a disposição para ajudar o governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Sobre a ditadura de Maduro, Rui afirmou que “os povos têm autonomia definir seus caminhos”. “Não considero que temos o direito de julgar como [as coisas] devem ocorrer em outros países. A China não tem eleição no jeito que nós temos. Estados Unidos têm eleição indireta. [...] Temos que respeitar a Constituição dos outros países”, pontuou, em entrevista a GloboNews.

Mais Notícias

Quem liga para o sofrimento dos animais
Desmatamento impulsiona queimadas na região Amazônica
Governo Bolsonaro quer privatizar estatais até o final do ano
Deltan queria construir monumento em homenagem à Lava Jato
Fase 63 da Lava Jato prende cunhado de Marcelo Odebrecht
Camaçarico 20 de agosto de 2019
Bahia registra 845 acidentes com ciclistas nos últimos 2 anos
Candidato a procurador da República critica a democracia
Processos trabalhistas à espera de julgamento é o menor em 10 anos
Líderes de metade dos partidos rejeitam novo imposto


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL