Busca:

  Notícia
 
Justiça nega habeas corpus e médium continua preso


Joao de Deus está preso desde domingo

A Justiça negou nesta terça-feira (18q12) o habeas corpus para o médium João de Deus, suspeito de abusos sexuais contra mulheres durante atendimentos espirituais em Abadiânia. Ele vai continuar preso no Núcleo de Custódia, em Aparecida de Goiânia após se entregar à Polícia Civil.


"Apenas a liminar foi apreciada e negada. O julgamento final do habeas deverá se dar após o recesso. Discordamos da decisão e vamos recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ)", declarou o advogado do médium, Alberto Toron.


Também nesta terça-feira a Polícia Civil fez buscas em endereços ligados ao médium,  incluindo a Casa Dom Inácio de Loyola, onde ele atendia e supostamente ocorreram os abusos.


Ministério Público recebeu 506 relatos de abusos sexuaisDas mulheres que denunciaram caso ao MP, 30 já foram ouvidasPolícia Civil colheu depoimentos de outras 15 mulheres. Apenas 1 caso vai virar inquéritoHá relatos de supostas vítimas de seis países e vários estados brasileirosMédium é investigado por estupro, estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraudeMP e polícia também querem apurar denúncia de lavagem de dinheiroNão há pedido para suspensão do funcionamento da Casa Dom Inácio de Loyola


João de Deus teve a prisão decretada na sexta (14) a pedido da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO), que investigam os relatos de abuso sexual durante atendimento na Casa Dom Inácio de Loyola. No domingo, ele se entregou à polícia em uma estrada de terra em Abadiânia. G1

Mais Notícias

Governo e Dow Química nada sabem sobre buraco na Ilha
Palocci diz que propina de usina bancou campanha de Haddad
MP investiga irregularidades com salários em 16 Assembleias
Camaçarico 19 janeiro 2019
Bolsonaro pode escolher reitor da Universidade do Recôncavo
Governo pode cortar benefício do INSS sem avisar beneficiário
Baterista e fundador do grupo O Rappa more aos 53 anos
Filho de Bolsonaro recebeu em 1 mês R$ 96 mil em depósitos
Policial do Bope é o principal suspeito pela morte de Marielle
Monte Gordo e Abrantes festejam padroeiros neste final de semana


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL