Busca:

  Notícia
 
Inema nega licença para nova pista no aeroporto de Salvador

A construção de uma nova pista de pouso e decolagem no Aeroporto de Salvador não terá  a licença  do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). A medida atende pedido foi feito pelo Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA), através de uma recomendação emitida em abril deste ano.  O MPF pediu ao órgão para não conceder qualquer tipo de licença ambiental para o início das obras e notifica-los sobre a abertura de qualquer processo administrativo referente ao assunto. 


Segundo o MPF, as obras podem afetar gravemente a Área de Preservação Ambiental (APA) Lagoas e Dunas do Abaeté – território que não pertence à unidade aeroportuária. O MPF alerta que os impactos causados pela ampliação do aeroporto comprometeriam entre 70% a 80% de duas unidades de conservação da natureza, sendo uma municipal e estadual. Essas áreas, dificilmente, conseguiria se manter em equilíbrio ecológico após a obra. Essas unidades abrigam um dos últimos remanescentes de dunas e restinga em área urbana do Brasil. 


O Inema apenas expediu uma licença de regularização à concessionária para a implantação de obras de melhorias de infraestrutura dentro da atual área do sítio aeroportuário. Por isso, todas as intervenções de engenharia a serem realizadas na unidade acontecerão somente nos limites pertencentes ao aeroporto, sem interferências na APA Lagoas e Dunas do Abaeté. 


Ainda segundo o Inema, não há previsão de construção de uma nova pista de pouso e decolagem, de operação independente, simultânea e paralela à pista principal já existente no aeroporto. Em contrapartida, será construída uma área de pavimento flexível, de aproximadamente 69.000 m², para os acostamentos, além da adequação da geometria das taxiways conectadas – faixas de pista em que a aeronave pode rolar de ou para um hangar, terminal ou pista.

Mais Notícias

Gilmar Mendes nega recurso e Caetano fica inelegível
MP não quer uso de drones durante o carnaval de Salvador
TJ-BA compra mais leite em pó que toda rede municipal da capital
Quase metade dos baianos está com restrição de crédito
Previdência quer cobrar mais de quem ganha mais
Previdência vai pagar R$ 400 a idoso em extrema pobreza
Reforma da Previdência começa a tramitar no Congresso
Camaçarico 20 fevereiro 2019
Flamengo se recusa a indenizar vítimas do incêndio no alojamento
Jogador brasileiro é tratado como mercadoria, diz procuradora


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL