Busca:

  Notícia
 
Postos da Bahia vendem a gasolina mais cara do Nordeste

A Bahia possui a gasolina mais cara do Nordeste, com preço médio de R$ 4,807. O ranking  é da Agência Nacional do Petróleo (ANP) que coloca o estado no 6º lugar na colocação nacional. O valor é quase R$ 0,20 maior do que a média nacional, que foi R$ 4,628. A pesquisa considerou os preços de 330 postos baianos, na semana do dia 8 a 15 de setembro.


A pesquisa da ANP mostrou ainda na Bahia, que Porto Seguro vende a gasolina mais cara, com o valor do litro a R$ 5,249. Já o município onde o combustível está mais barato é Lauro de Freitas, que vende a gasolina a uma média de R$ 4,403. A cidade com menor lucro para os postos é Lauro de Freitas, com R$ 0,31. Já o município que apresentou a maior margem média foi Livramento de Nossa Senhora, com R$ 0,982. Na capital baiana, o preço médio do litro de combustível é R$ 4,863, com a margem de lucro para os postos de R$ 0,707.


A margem média de lucro da Bahia é a 2ª maior do Brasil, apresentando o lucro médio de R$ 0,615. O estado fica atrás somente do Acre, onde os postos lucram uma média de R$ 0,734 pelo litro do combustível.


O estado brasileiro que a pesquisa aponta a gasolina mais cara é o Acre, que vende o litro a uma média de R$ 5,129, seguido de perto pelo Rio de Janeiro, que apresenta uma média de preço de R$ 4,999. Já o estado onde o consumidor pode comprar a gasolina mais barata é o Amapá, que vende o combustível a R$ 4,129.

Mais Notícias

Brasil cai para 6º lugar no ranking de população do mundo
Devendo R$ 80 bilhões Odebrecht pede recuperação judicial
Governadores do Nordeste querem retomar o programa Mais Médicos
Bloqueio de R$ 69 milhões e ação judicial pioram astral de Neymar
Cresce o número dos que pagam dívidas mas voltam a dar calote
Maurício Bacelar é o novo diretor da Agência de Defesa Agropecuária
Assassino de Moa do Katendê vai a juri popular em setembro
Governo gastou R$ 1,6 bilhão com vantagem para servidor
Levy deixa o BNDES depois de críticas do presidente Bolsonaro
Construção de anexo do TJ-BA fica mais cara e sobe para R$ 68 mi


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL