Busca:

  Notícia
 
Setor de serviços registra a pior queda desde 2011

O volume de serviços prestados no Brasil caiu 2,2% em julho na comparação com o junho e  já aparece como o pior resultado para o mês desde 2011. É o que aponta a pesquisa de desempenho do setor divulgada nesta sexta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O IBGE destacou que, com os resultados de julho, o patamar de serviços prestados no país se encontra 12,9% abaixo de janeiro de 2014, o ponto mais alto do setor. O setor  tem forte peso na economia brasileira, representando cerca de 70% da composição do Produto Interno Bruto (PIB).


O resultado reforça a fraqueza do setor, que tem apresentado grande volatilidade desde a greve dos caminhoneiros, quando o setor caiu 3,4% em maio e cresceu 4,8% em junho, e e inicia o 3º trimestre  (julho/setembro) em queda, acumulando no ano uma retração de 0,8% e, em 12 meses, queda de 1%.


Da mesma forma que o setor de serviços, a indústria e o comércio também iniciaram o 3ª trimestre no vermelho, reforçando a leitura de perda de ritmo da recuperação da economia brasileira. Após o salto de 12,9% registrado em junho, a produção industrial caiu 0,2% em julhofrente ao mês imediatamente anterior. Já as vendas do comércio varejista tiveram queda de 0,5% em julho, o terceiro recuo mensal seguido.


De acordo com o IBGE, 4 das 5 atividades de serviços investigadas na pesquisa tiveram queda na passagem de junho para julho. A queda mais expressiva foi a dos transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, que recuou 4,0%, e somente os serviços prestados às famílias tiveram alta no mês, de 3,1%. Transportes, armazenagem e correio: -4,0%Serviços de informação e comunicação: -2,2%Serviços profissionais e administrativos: -1,1%Outros serviços: -3,2%Serviços prestados às famílias: 3,1%.

Mais Notícias

AMB diz que decisão de Cuba sobre Mais Médicos é retaliação
Justiça censura Globo e proíbe notícias sobre caso Marielle
Lula recebe 572 visitas em 6 meses de prisão em Curitiba
Fim do Mais Médicos pode deixar mais de 600 cidades desassistidas
Justiça proíbe apreensão de carro com IPVA atrasado
Ministro de Temer critica proposta de repasse para governadores
Brasil pode perder 11 mil médicos caso o Revalida seja exigido
Promoção da Black Friday pode ser armadilha para consumidor
Moro antecipa exoneração para evitar novos desgastes
Brasil registra quase metade dos feminicídios da América Latina


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL