Busca:

  Notícia
 
Setor de serviços registra a pior queda desde 2011

O volume de serviços prestados no Brasil caiu 2,2% em julho na comparação com o junho e  já aparece como o pior resultado para o mês desde 2011. É o que aponta a pesquisa de desempenho do setor divulgada nesta sexta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O IBGE destacou que, com os resultados de julho, o patamar de serviços prestados no país se encontra 12,9% abaixo de janeiro de 2014, o ponto mais alto do setor. O setor  tem forte peso na economia brasileira, representando cerca de 70% da composição do Produto Interno Bruto (PIB).


O resultado reforça a fraqueza do setor, que tem apresentado grande volatilidade desde a greve dos caminhoneiros, quando o setor caiu 3,4% em maio e cresceu 4,8% em junho, e e inicia o 3º trimestre  (julho/setembro) em queda, acumulando no ano uma retração de 0,8% e, em 12 meses, queda de 1%.


Da mesma forma que o setor de serviços, a indústria e o comércio também iniciaram o 3ª trimestre no vermelho, reforçando a leitura de perda de ritmo da recuperação da economia brasileira. Após o salto de 12,9% registrado em junho, a produção industrial caiu 0,2% em julhofrente ao mês imediatamente anterior. Já as vendas do comércio varejista tiveram queda de 0,5% em julho, o terceiro recuo mensal seguido.


De acordo com o IBGE, 4 das 5 atividades de serviços investigadas na pesquisa tiveram queda na passagem de junho para julho. A queda mais expressiva foi a dos transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, que recuou 4,0%, e somente os serviços prestados às famílias tiveram alta no mês, de 3,1%. Transportes, armazenagem e correio: -4,0%Serviços de informação e comunicação: -2,2%Serviços profissionais e administrativos: -1,1%Outros serviços: -3,2%Serviços prestados às famílias: 3,1%.

Mais Notícias

Bolsonaro segue líder e Haddad amplia vantagem no 2º lugar
Wagner e Lázaro são os preferidos para as vagas para o Senado
Rui amplia liderança e sinaliza vitória no 1º turno, diz Ibope
Camaçarico 18 setembro 2018
Jovens mostram mais interesse em assumir a vida pública
PF investiga filho do ministro do TCU Aroldo Cedraz
Campus da UFBA em Camaçari começa a funcionar
Mais de 30% dos brasileiros não usam banco para pagar contas
Nova pesquisa mostra Bolsonaro e Haddad no 2º turno
Ciro xinga e empurra profissional de TV em Rondônia


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL