Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 3 de agosto 2018


Coleção  O ex-alcaide  Ademar Delgado (sem partido) só faz ampliar seu álbum de apertos por erros nos 4 anos (2013/2016) de gestão dos destinos de Camaçari. Como mostrou o Camaçari Agora (Confira), Delgado levou outra sapecada do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Vai pagar R$ 5 mil por não comprovar a regularidade dos termos aditivos com a empresa STAF Tecnologia. Fiscalização do TCM mostrou que os 5 ajustes custaram aos cofres de Camaçari a bagatela de pouco mais de R$ 1 milhão e 700 mil.


Coleção 2  Ademar não está sozinho, não foi o 1º, nem o último. De acordo com levantamento feito pela Coluna, com base no quadro-geral de multas pendentes de quitação por município do TCM, Delgado  já acumula cerca de R$ 110 mil em punições. O campeão é o ex-prefeito Luiz Caetano (PT), com R$ 290 mil. Até o alcaide Elinaldo já foi exemplado com multa de R$ 1 mil. Os ex-prefeitos Humberto Ellery, José Tude e Helder Almeida não aparecem no SPC do TCM, não por ausência de irregularidades passíveis de punição. Já quitaram seus débitos. 


Bola  As inspeções dos vereadores Jackson Josué (PT), terça-feira (31/7) na Casa da Criança; e Binho do 2 de Julho (PCdoB), na última quarta-feira (1), no centro especializado para população em situação de rua, dão bem a dimensão do tamanho da prática política dos representantes da população de Camaçari.


Bola 2 Tanto o presidente municipal do PT e candidato a deputado estadual, como o  comunista, também pleiteando uma das 63 cadeiras na Assembleia Legislativa, nunca mostraram empenho para resolver os graves problemas dessas estruturas geridas pela secretaria de desenvolvimento social e cidadania (Sedes).


Bola 3 As denúncias feitas pelo Camaçarico sobre o descaso com a Casa da Criança são antigas. A invisibilidade do governo municipal com o centro Pop, responsável pelo acolhimento e acompanhamento de pessoas em situação de rua, também não é novidade e apenas se agrava no atual governo. Esse processo de abandono e desmonte vem dos governos Caetano e Ademar, aliados de Jackson e Binho. Em 2º mandato, o vereador Jackson nunca apareceu para usar seu poder de correligionário destacado do então alcaide Ademar para melhorar as condições da Casa da Criança.


Bola 4 Já o vereador Binho, mesmo neófito na Câmara de Vereadores, é velho conhecedor das dificuldades do município na aplicação das políticas públicas de assistência social. Fontes da Coluna asseguram que Binho era frequentador e até ajudava moradores carentes facilitando a aquisição de benefícios distribuídos pelo Cras  do Nova Vitória, o maior do município e responsável pela cobertura de 20 bairros com uma população potencial estimada em mais de  50 mil pessoas.


Bola 5  Assim como no futebol, no campo da política, quem não faz gol, toma. Esse festival de boladas indefensáveis pelo alcaide Elinaldo (DEM) segue as mesmas e velhas regras exclusivas dos atacantes adversários ao governo de plantão. Diferente de Jackson e Binho, Elinaldo e seu então colega de  bancada, Jorge Curvello, não souberam usar a mesma jogada da denúncia.


Bola 6 Denúncias feitos pela Coluna sobre o abandono da Casa da Criança e as irregularidades na gestão do programa Cidade do Saber, entre outras, não sensibilizaram os outrora oposicionistas que nunca visitaram essas unidades, muito menos buscaram ampliar o debate no Legislativo, e com a comunidade, sobre a necessidade de melhoria desses serviços. 


Bola 7  Agora, na condição de goleiro, Elinaldo experimenta os incômodos chutes aplicados com a mesma bola que foi sua um dia.   


Expectativa  A decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), favorável à ex-secretária de desenvolvimento urbano de Camaçari, Juliana Paes, pode ser a 1ª derrota do promotor Everardo Yunes. Outra ação do representante do Ministério Público (MP) de Camaçari, questionando a negativa da Justiça de  1ª Instância ao considerar sem provas a ação por associação criminosa e apropriação de recursos públicos, que inocentou os vereadores e o presidente do Legislativo do município, Oziel Araújo (PSDB), deve ser julgado nos próximos dias. Considerados inconsistentes pela Justiça de Camaçari, ação do MP acusava 20 vereadores de usarem assessores como laranjas para receberem recursos públicos.


Batente As sessões plenárias da Câmara de Camaçari serão retomadas na próxima terça-feira (7). Em ano  de eleições o ritmo dos trabalhos deve desacelerar. Diferente dos demais mortais camaçarienses, os 21 legisladores municipais contam com um período maior de desobrigação com as tarefas legislativas formais através das sessões plenárias, sempre às terças e quintas. Além do recesso de 30 dias no meio do ano, vereadores contam com outro período, esse um pouco maior, entre  15 de dezembro e 15 de fevereiro. Conta total soma 90 dias ou 3 meses.  


Farol  A retomada do fornecimento de energia do centro Pop, cortada na quarta-feira (1), não muda o quadro de invisibilidade do espaço que deveria ser especializado no atendimento e acolhimento à população em situação de rua, como denunciou o Camaçarico (Confira). Religação precisa ser o start para um novo momento com aparelhamento e reconhecimento pela secretaria do desenvolvimento social e cidadania (Sedes) de que esses cidadãos sem teto e geralmente invisíveis, possuem direitos iguais aos demais moradores da cidade.


Ordem unida A gestão municipal começou a cumprir o velho cronograma de fortalecimento dos seus candidatos às eleições  de outubro. Na noite de quarta-feira (1) o encontro foi com  servidores  ocupantes de cargos de confiança da Sedes. Independente do grupo político no comando, o roteiro é sempre o mesmo e será seguido à risca nos próximos encontros. 'A gestão está melhor', 'precisamos nos unir', 'fortalecer nossos candidatos', 'apostar na gestão para garantir continuidade no poder'. 


Ordem unida 2 Preparação para a grande disputa de 2020 começa com expressiva vitória na eleição intermediária deste ano. Caso contrário, salvando os que sempre mudam de lado, desde a retomada do voto direto no município, em 1986, vai ser caixão e vela para os nomeados.   


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php 


João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor) 


3/8/2018

Mais Notícias

Rui Costa diz que PT errou ao não fazer a reforma política
Assessor de Bolsonaro defende revisão dos currículos escolares
Othon fecha em novembro e deixa 240 empregados sem trabalho
Campanha do 1º turno custou R$ 2 bilhões aos cofres públicos
FHC segue sem se posicionar e cobra autocrítica do PT
Boletos vencidos podem ser pagos em qualquer banco
Regina Duarte declara apoio a Bolsonaro
Trabalhador no mercado informal tem dificuldade para obter crédito
Edir Macedo diz que Haddad desrespeita os fiéis da Universal
STF diz que terceirização em todas as atividades é legal


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL