Busca:

  Notícia
 
Taxa de mortalidade infantil volta a aumentar na Bahia


A taxa de mortalidade infantil aumentou 9,2% na Bahia em 2016. Dados divulgados nesta semana pelo Ministério da Saúde, mostram que a Bahia registrou 18 óbitos infantis a cada mil nascimentos em 2016. A taxa ficou acima da média nacional, que foi de 14 mortes a cada mil nascimentos no mesmo ano. A partir do ano de 1990, tanto a Bahia quanto o Brasil, começaram a apresentar uma queda no número de mortes de crianças. No mesmo ano, o estado registrava taxa de 66 mortes por cada mil nascimentos. Em 2015, a taxa já havia baixado para 16,4. 


No Brasil, houve um aumento de 4,8% em 2016 em relação ao ano anterior, quando foram registradas 13,3 mortes a cada mil nascimentos. O Ministério da Saúde acredita que a alta mortalidade tem relação com o vírus zika e também com as mudanças socioeconômicas. Ainda segundo o ministério, a vacinação em crianças, que é um fator importante para a redução da mortalidade, atingiu o menor nível em 16 anos. Na Bahia, por exemplo, 63 cidades não chegaram a vacinar, em 2017, nem metade das crianças contra poliomielite, ou paralisia infantil.

Mais Notícias

Incêndio destrói área do tamanho de 3 mil campos na Chapada
Bolsonaro tem pressa para iniciar transição de governo
Haddad critica esquema corrupto e se afasta dos erros do PT
Fanesc é a grande campeã da 29ª edição do Cinfancam
População jovem da RMS em idade de trabalho cai 7,5%
Bolsonaro negocia com 'centrão' para garantir governabilidade
Missão da OEA vai observar eleições de domingo
Ministro diz que fala do deputado e filho de Bolsonaro é perigosa
Bahia registrou 398 assassinatos no mês de agosto
Haddad visita Nordeste na reta final da campanha


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL