Busca:

  Notícia
 
Justiça garante manutenção das obras do BRT de Salvador


A Justiça Federal negou os 2 pedidos liminares, um do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público da Bahia (MP-BA), e outro feito pelo Instituto de Arquitetos do Brasil na Bahia (IAB-BA), para paralisar as obras do BRT (Bus Rapid Transit) em Salvador. Na decisão, a juíza Cynthia de Araújo Lima Lopes, da 14ª Vara da Seção Judiciária da Bahia, argumentou que MPF, MP-BA e IAB não conseguiram demonstrar razões suficientes para a suspensão das obras do modal. 


A juíza também considera o risco de  paralisação  com prejuízo para os  cofres públicos.  “Os recursos financeiros do financiamento tomado na CEF já estão no caixa do Município, não existindo risco de interrupção das obras por 'insuficiência financeira', e a não utilização dos recursos segundo o cronograma de desembolsos é que pode implicar no fim do empréstimo" afirmouem sua  decisão.


O projeto BRT vai ligar a estação da Lapa a região do Iguatemi. A 1ª etapa, com 2,9 quilômetros,  ligará a região do parque da cidade à estação do metrô no Iguatemi. A 2ª etapa terá 5,5 qilômetros de extensão  e ligará a estação da Lapa  ao parque da cidade. Com 10 estações nas fases iniciais, que  devem ser ampliadas até o parque da cidade, Itaigara e Pituba,  trajeto deve ser realizado em cerca de 15 minutos, segundo a prefeituira, por ônibus especiais que andam em vias exclusivas. A 3ª etapa, ainda em fase de estudos, terá 1,8 quilômetro e ligará o parque da cidade  a região  do itaigara.

Mais Notícias

AMB diz que decisão de Cuba sobre Mais Médicos é retaliação
Justiça censura Globo e proíbe notícias sobre caso Marielle
Lula recebe 572 visitas em 6 meses de prisão em Curitiba
Fim do Mais Médicos pode deixar mais de 600 cidades desassistidas
Justiça proíbe apreensão de carro com IPVA atrasado
Ministro de Temer critica proposta de repasse para governadores
Brasil pode perder 11 mil médicos caso o Revalida seja exigido
Promoção da Black Friday pode ser armadilha para consumidor
Moro antecipa exoneração para evitar novos desgastes
Brasil registra quase metade dos feminicídios da América Latina


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL