Busca:

  Notícia
 
CR7 recebe R$ 450 milhões e troca Real Madrid pelo Juventus


Cristiano Ronaldo jogou 9 temporadas pelo time espanhol

A novela sobre o destino de Cristiano Ronaldo finalmente teve um fim nesta terça-feira, e com uma nova casa para o craque português. Depois de 9 temporadas vestindo as cores do Real Madrid, o clube espanhol confirmou a saída do astro de 33 anos e o êxito da negociação com a Juventus, naquela que pode ser considerada a principal transação do futebol mundial nos últimos anos. O time italiano confirmou um contrato de quatro anos e o valor de R$ 450 milhões pago aos espanhóis.  


Cristiano despediu-se do futebol espanhol em uma carta divulgada no site oficial do time merengue. Nela, ele exaltou a passagem de 9 anos no país e os feitos conquistados - ele ultrapassou a marca de 400 gols. Curiosamente, um dos primeiros adversários que enfrentará com a nova camisa será seu antigo clube - as duas equipes se enfrentam em 4 de agosto em torneio amistoso, ainda pela pré-temporada. Pelo Real, ele anotou gols em todos seus os confrontos contra a Juventus - incluindo o mais bonito deles, de bicicleta, na última Liga dos Campeões.


A confirmação do acordo veio inicialmente através de comunicado oficial divulgado pelo Real. "O Real Madrid comunica que, atendendo a vontade e pedido expressados pelo jogador Cristiano Ronaldo, acertou sua transferência para a Juventus. Hoje, o clube quer expressar seu agradecimento a um jogador que demonstrou ser o melhor do mundo e que marcou uma das épocas mais brilhantes de nossa história", apontou. O zagueiro e capitão Sergio Ramos foi na mesma linha, elogiando o ex-companheiro de time.


Os rumores sobre a ida de Ronaldo para a Juventus já vinham ganhando força desde o fim da última temporada europeia. Após uma breve esfriada durante a Copa do Mundo, se intensificaram novamente após a eliminação de Portugal da competição na Rússia e, desde então, a imprensa da Europa dava como questão de tempo a confirmação.


Na Juventus, Ronaldo terá o novo desafio esportivo que tanto buscava, com a responsabilidade de tornar a hegemonia nacional do clube em resultados expressivos a nível europeu. Se vem de 7 títulos italianos consecutivos, o time de Turim não fatura uma Liga dos Campeões desde 1995/1996 - a outra de sua história aconteceu em 1984/1985.

Mais Notícias

AMB diz que decisão de Cuba sobre Mais Médicos é retaliação
Justiça censura Globo e proíbe notícias sobre caso Marielle
Lula recebe 572 visitas em 6 meses de prisão em Curitiba
Fim do Mais Médicos pode deixar mais de 600 cidades desassistidas
Justiça proíbe apreensão de carro com IPVA atrasado
Ministro de Temer critica proposta de repasse para governadores
Brasil pode perder 11 mil médicos caso o Revalida seja exigido
Promoção da Black Friday pode ser armadilha para consumidor
Moro antecipa exoneração para evitar novos desgastes
Brasil registra quase metade dos feminicídios da América Latina


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL