Busca:

  Notícia
 
Estados Unidos, Canadá e México sediam Copa de 2026


A 'United 2026', como foi batizado a união dos 3 países, venceu a candidatura do Marrocos

Os Estados Unidos sediarão a uma Copa do Mundo de 2026. O país receberá junto com Canadá e México o torneio em 2026. A candidatura batizada de United 2026 superou Marrocos em votação realizada nesta quarta-feira (13/6) no 68º Congresso da Fifa, em Moscou.  A United 2026 obteve 134 votos de 203 possíveis, o que equivale a 67%. A candidatura marroquina teve 65 votos (33%), 2 votos foram em branco e 3  delegados se abstiveram. 


Das 210 associações nacionais presentes no Congresso, 7 não tiveram direito a voto. As 4 envolvidas na disputa e Guam, Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas. Isso porque são territórios administrados pelos EUA.


O torneio será realizado em 10 cidades americanas, 3 canadenses e 3 mexicanas. O México, aliás, será o 1º país da história a receber por 3 vezes um Mundial. Foi sede em 1970 e 1986. 


O Mundial de 2026 provavelmente será o primeiro da história a contar com 48 seleções. A ideia de aumentar o número de equipes já para a disputa no Qatar-2022, bancada pela Conmebol, perdeu força.


A vitória da candidatura norte-americana na eleição deve dar mais tranquilidade para a Fifa nos próximos oito anos. Isso porque toda a infraestrutura esportiva e de transporte dos países já está pronta. Avaliação de observadores da entidade deu uma média de 4 pontos em 5 possíveis. 


As únicas despesas teriam a ver com a competição em si, em termos de segurança, contratação de funcionários, montagem de centros de imprensa, entre outros. O valor estimado é de US$ 2,16 bilhões (R$ 8,1 bilhões), já prevendo a inflação até 2026. 


A United fala em US$ 11 bilhões (R$ 41 bilhões) de lucro para a Fifa com o Mundial, o que seria um recorde histórico. 

Mais Notícias

Gilmar Mendes nega recurso e Caetano fica inelegível
MP não quer uso de drones durante o carnaval de Salvador
TJ-BA compra mais leite em pó que toda rede municipal da capital
Quase metade dos baianos está com restrição de crédito
Previdência quer cobrar mais de quem ganha mais
Previdência vai pagar R$ 400 a idoso em extrema pobreza
Reforma da Previdência começa a tramitar no Congresso
Camaçarico 20 fevereiro 2019
Flamengo se recusa a indenizar vítimas do incêndio no alojamento
Jogador brasileiro é tratado como mercadoria, diz procuradora


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL