Busca:

  Notícia
 
Brasil continua um país desigual com desvantagens para negros

Estudo do IBGE referente aos 3 últimos meses de  2017 mostram que  a de sigualdade entre brancos e negros segue alta. De acordo com o levantamento, trabalhadores negros ganham cerca de R$ 1,2 mil a menos que brancos, em média. Os números mostram que, entre 2012 e 2017, não houve nenhuma mudança substancial na diferença de rendimento entre negros e brancos. 


Os números também são consequência do acesso à educação para o especialista, bem como condições de vida diferentes para os grupos. Apenas 8,8% da população negra com mais de 25 anos frequentou uma faculdade. Para a população branca, esse índice é de 22,2%. A média salarial de uma pessoa branca no Brasil é de R$ 2.697 enquanto pretos e pardos recebem, em média, R$ 1.534. Além da diferença média no salário, há mais trabalhadores negros sem carteira assinada que brancos — 21,8% e 14,7%, respectivamente.


Estudos também mostram que  8 em cada 10 das pessoas mais ricas no Brasil são brancas. Na parcela mais pobre da nossa sociedade a proporção também mostra  sua cor, onde 8 a cada 10 pessoas com baixas condições são negros.


Segundo Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, os números não poderiam ser diferentes já que a desigualdade vem da época da colonização. “A forma como houve o processo de colonização do país mais esse processo de escravidão acabam por trazer uma herança”, afirma.  Para Maria Helena Machado, professora da Universidade de São Paulo e especialista na história social da escravidão, as consequências do processo permearam toda a sociedade. “As pessoas viviam com a escravidão de maneira muito naturalizada. Quando uma sociedade é construída sob uma base dessas, a mudança é bastante longa e difícil, é árdua”, diz a professora.

Mais Notícias

Governo e Dow Química nada sabem sobre buraco na Ilha
Palocci diz que propina de usina bancou campanha de Haddad
MP investiga irregularidades com salários em 16 Assembleias
Camaçarico 19 janeiro 2019
Bolsonaro pode escolher reitor da Universidade do Recôncavo
Governo pode cortar benefício do INSS sem avisar beneficiário
Baterista e fundador do grupo O Rappa more aos 53 anos
Filho de Bolsonaro recebeu em 1 mês R$ 96 mil em depósitos
Policial do Bope é o principal suspeito pela morte de Marielle
Monte Gordo e Abrantes festejam padroeiros neste final de semana


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL