Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 12 de março 2018


Escapou  Por pouco, o alcaide Antonio Elinaldo (DEM) não faturou o título de inimigo das tartaruguinhas e por extensão da natureza. O cancelamento do projeto de funcionamento de um palco para apresentações artísticas nas areais da praia de Arembepe, durante a festa de encerramento do calendário de verão da Bahia livrou o gestor  de mais uma sapecada com repercussão nacional, tal a fama do outrora paraíso hippie dos anos 1970. 


Escapou 2  Mesmo com o aval e orientação do Centro TAMAR e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), recuo foi medida acertada. Muito mais que sujeira e depredação ambiental geradas pelas apresentações artísticas durante a festa de Arembepe, estrago que esse tipo de festa iria provocar justamente numa área de circulação de tartarugas marinhas cairia no colo do gestor. Espaço pode, e até deve ser usado para atividades culturais, mas com uma pegada mais leve.


Revezamento  A intensa presença de militantes a apoiadores da oposição, durante o cortejo de abertura da festa de Arembepe, na sexta-feira (9), foi mais um sinal de alerta para o alcaide de Camaçari. Enfrentando intenso desgaste com denúncias de desmandos por seus auxiliares, governo do DEM entra no seu 15º mês com baixo poder de reação e longe da proposta mudancista que tanto pregou na campanha.


Revezamento 2  Um desses sinais claros de descontentamento foi dado durante o show da banda Psirico. Chamado pelo cantor Márcio Vitor para anunciar o camafolia, durante  a festa de aniversário da cidade,  em setembro, a plateia não poupou vaias. 


Revezamento 3  Ruim para a situação, bom para a oposição. De olho num 4º mandato de prefeito, o deputado federal Luiz Caetano (PT) sai da condição de derrotado, justamente pelos erros cometidos nos últimos 8 anos de gestão, refroçados pelos 4 de seu agora ex-pupilo Ademar Delgado, para o status de queridinho das oposições e 1º na fila para 'salvar' Camaçari.


Revezamento 4   Sem novas lideranças, muita desinformação e uma tradição fisiológica da atividade política, município vive o ciclo vicioso da alternância das velhas práticas com novos rótulos. No meio desse ambiente de interesses nada sintonizados com as necessidades de implantação e fortalecimento de políticas públicas, o eleitor que tanto reclama dos gestores, termina reciclando e carimbando a solução que  descartou recentemente.


Nota baixa E a doutora Neurilene Martins, comandante da secretaria de educação (Seduc), aparece em mais uma situação que exige apuração rigorosa. Depois de contratar sem licitação o seu antigo empregador, a ONG Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP), e posteriormente formar parceria para implantação de projetos para serviços na pasta que comanda desde janeiro de 2017, a professora aparece em nova polêmica. 


Nota baixa 2 Como mostrou o Camaçari Agora (Confira), a pasta da doutora teve processo de compra de material suspenso semana passada pela Justiça. No entendimento do juiz César Borges, o tecido solicitado pela Seduc para confecção do fardamento apresenta especificações impossíveis de serem cumpridas por todos os concorrentes. Ata do pregão de 26 de fevereiro mostra que compra teve propostas de valores que variaram de pouco mais de R$ 2 milhões a quase R$ 6 milhões.


Nota baixa 3 A expectativa é  de que a doutora Neurilene preste esclarecimentos amanhã (13), na Câmara de Vereadores, durante Audiência Pública para apresentação dos seus projetos e ações. 


Sem caneta Não espere para antes do fechamento das urnas de 7 de outubro qualquer mudança no secretariado do governo Elinaldo. A orientação é manter os reprovados, que não são poucos, para evitar ainda mais desgastes.


Munição  O coronel Alfredo Castro garante que está na disputa 'pra valer' por uma vaga na Câmara Federal. Ex-comandante da PM e militar com intensa relação em Camaçari, onde comandou o 12º BPM, Castro sai pelo PDT e não se preocupa com os postulantes a reeleição Luiz Caetano (PT) e Paulo Azi (DEM), prováveis puxadores de votos no município. 


Desafinada  Seleção para professor da orquestra da Cidade do Saber segue embolada. Candidatos estranharam a presença de professor da UFBA como julgador do próprio filho candidato a uma das vagas no programa municipal de formação de jovens músicos.


Pauta  O sindicato dos jornalistas profissionais aposta na retomada do prêmio de jornalismo patrocinado até 2005 pelo comitê de fomento industrual de Camaçari (Cofic). Para a presidente do Sinjorba, Marjorie Moura, não existe data melhor para festejar o bom jornalismo incluindo a premiação na programação  dos 40 anos do Pólo Industrial de Camaçari.


Expertise A engenheira Rute Carvalhal participa quinta-feira (15), em São Francisco do Conde, do 3º Seminário de Proteção e Defesa Civil. Servidora da secretaria de saúde de Camaçari (Sesau) e especialista em engenharia de segurança, Rute Carvalhal vai falar sobre transporte com cargas perigosas. 


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite - joaoleite01@gmail.com (Editor)


12/3/2018

Mais Notícias

Um em cada 4 brasileiros usa wi-fi gratuito para acessar a internet
Barroso vai analisar pedidos de impugnação da candidatura Lula
Base de partidos que apoia Alckmin está dividida nos estados
Neymar é um dos campeões em publicidade nas redes sociais
Bahia tem o maior número de pessoas em situação de desalento
Desemprego entre jovens é mais que o dobro da taxa geral
Radialista que criticava políticos é morto em Riachão do Jacuípe
Camaçarico 17 de agosto de 2018
Ministério Público pede a impugnação da candidatura Caetano
Marina intensifica campanha no Nordeste de olho no voto de Lula


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL