Busca:

  Notícia
 
Mais 3 vereadores são denunciados por desvio de recursos públicos


Os vereadores duilson Magalhaes cumprem o mandato, enquanto Sesse Abreu está no comando da pasta de esportes

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) acrescentou mais 3 vereadores de Camaçari ao pacote de denúncias apresentadas à Justiça. Além do presidente do Legislativo, Oziel Araújo (PSDB), e outros 16 vereadores, esquema que se apropriava de recursos públicos através  de repasse ilegal  de salários recebidos por servidores inclui Dilson Magalhães (PEN), Flávio Matos (DEM) e Sessé  Abreu (PSDB). Desses, o vereador Sessé está licenciado do mandato e comanda a  secretaria de esportes. Apenas o vereador Bispo Jair (PRB) está fora do esquema, diz o promotor Everardo Yunes, responsável pela nova denúncia apresentada nesta quinta-feira (15/2).


O representante do MPE aguarda  o julgamento dos seus pedidos de prisão e afastamento do presidente do Legislativo, vereador Oziel Araújo (Confira), segundo ele o chefe da quadrilha que  causou um prejuízo que agora se aproxima dos R$ 600 mil com a inclusão de mais  3 vereadores de Camaçari.


Além de Oziel e dos novos acusados pelo MPE, Dilson Magalhães, Flavio Matos e Sessé Abreu, lista inclui  os vereadores Pastor Neilton (PSB), Val Estilos (PPS), Binho do Dois de Julho (PCdoB), Fafá de Senhorinho (DEM), Jamelão (DEM), Adalto Santos (PSD), Dentinho do Sindicato (PT), Vaninho da Rádio (DEM), Jackson dos Santos Josué (PT), Gilvan Silva Souza (PR), Júnior Borges, Niltinho (PR), Zé do Pão (PTB), José Marcelino dos Santos Silva (PT), Jorge Curvelo (DEM) e Téo Ribeiro (PT).

Mais Notícias

Arriscar a vida em outro país é desejo de 43% dos brasileiros
Bancos reduzem custos e criam estratégias para manter lucro
Novo visual de Neymar vira polêmica nas redes sociais
Morre Orlando Tapajós, o maior construtor de trios elétricos
Ministro do TSE defende impedimento imediato de 'ficha suja'
Família brasileira pode levar até 9 gerações para deixar a pobreza
Mulheres representam apenas 15% das candidaturas ao governo
Fachin pede ao STF que julgue soltura de Lula depois do São João
Arquiteta diz que mostrou projeto de sítio à primeira-dama
Camaçari antecipa salário de junho e 13º de servidor


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL