Busca:

  Notícia
 
Gilberto Gil segue indefinido na sucessão presidencial


Ex-ministro da Cultura já votou em FHC, Lula e Marina

O cantor e composuitor Gilberto Gil avalia os nomes apresentados para a disputa presidencial sem se fixar em nenhum candidato. Em entrevista durante o carnaval o ex-ministro da Cultura do governo Lula se mostrou inclinado para Ciro Gomes (PDT), mas não fechou apoio.


 “Ainda não tenho meu voto definido não. Eu tenho votado em Marina [Silva, ex-PSB, atualmente Rede], votei em Marina duas vezes, como havia votado em Lula [PT] duas vezes, como havia votado em Fernando Henrique [Cardoso, PSDB] duas vezes. Eu gosto do Ciro, se situa no ponto intermediário entre as esquerdas clássicas e o centro mais inclinado ao progressismo. Eu acho Ciro um bom candidato. Marina, se tiver disposição, força, para voltar para uma terceira vez, também será uma boa candidata”.


Gil disse que  votou em 3 partidos distintos nas últimas seis eleições e ainda não sabe para quem dará seu apoio em 2018.  Gil evitou comentar o que acha de uma eventual candidatura do apresentador Luciano Huck. “Não sei. Não sei que discurso ele tem, que tipo de arregimentação ele estaria disposto a fazer no campo das excelências econômicas, da questão da Cultura. Ele é um menino muito bem relacionado em vários setores do Brasil, muito inteligente. Vamos ver se ele conseguir varar a fortaleza do PSDB, quem sabe ele pode ser candidato. Fora isso, já é mais difícil, porque vir de um partido pequeno é complicado, como foi para Marina em outras eleições”, concluiu.

Mais Notícias

AMB diz que decisão de Cuba sobre Mais Médicos é retaliação
Justiça censura Globo e proíbe notícias sobre caso Marielle
Lula recebe 572 visitas em 6 meses de prisão em Curitiba
Fim do Mais Médicos pode deixar mais de 600 cidades desassistidas
Justiça proíbe apreensão de carro com IPVA atrasado
Ministro de Temer critica proposta de repasse para governadores
Brasil pode perder 11 mil médicos caso o Revalida seja exigido
Promoção da Black Friday pode ser armadilha para consumidor
Moro antecipa exoneração para evitar novos desgastes
Brasil registra quase metade dos feminicídios da América Latina


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL